Governo do Distrito Federal
20/05/22 às 10h43 - Atualizado em 6/10/22 às 12h35

Cultura abre 2ª edição do Candanguinho

Texto: Déborah Gouthier. Edição: Sérgio Maggio (Ascom Secec)
20/5/2022
10:36

 

Ouça aqui o resumo da notícia:

 

Chegou a hora de os pequenos escritores do DF brilharem mais uma vez. A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec) publicou nesta sexta-feira (20/5) o edital que dá início à realização da 2ª edição do Prêmio Candanguinho de Poesia Infanto-Juvenil. O chamamento público vai selecionar a Organização da Sociedade Civil (OSC) que ficará responsável pela gestão da premiação.

 

Com aporte de R$ 250 mil, a instituição vai gerir, em parceria com a Secec, todas as fases do concurso a partir de um Termo de Colaboração. As inscrições deverão ser feitas a partir do envio da Proposta e da Ficha de Inscrição para o e-mail protocolo@cultura.df.gov.br, no período entre 23.5 e às 18h de 11.7.

 

Confira o edital completo.

Inscrições prorrogadas até 11.7.

 

O II Prêmio Candanguinho será realizado no segundo semestre, premiando 30 poesias em língua portuguesa produzidas por crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. O prêmio será dividido em três categorias: de seis a 12 anos, de 13 a 17 anos e para pessoas com deficiência. Os jovens escritores precisam residir no Distrito Federal para participar. As poesias selecionadas serão publicadas em coletânea nos formatos de livro impresso, em braile e em audiolivro.

 

Hugo Lira

 

“O Candanguinho veio para ficar. É um desafio de estímulo à leitura, à escrita e à criatividade desse público mais jovem. Um importante começo para esse despertar da literatura e da poesia como uma importante forma de expressão para as crianças e adolescentes”, explica o secretário de Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues.

 

Além de dez exemplares da obra impressa, os autores classificados nos três primeiros lugares de cada categoria receberão, respectivamente, um smartphone, um tablet e um leitor de e-book. Nos critérios de seleção, serão avaliados os itens originalidade, criatividade, uso adequado da linguagem própria da poesia e o limite de até 300 palavras por texto. A temática é livre.

 

Na primeira edição do Candanguinho, a Secec admitiu 180 inscrições e a premiação se destacou pela qualidade dos textos vencedores. “O sucesso do I Candanguinho, realizado no ano passado, quando as crianças ainda estavam em casa, veio mostrar que a Secretaria está no caminho certo ao executar a política de valorização da leitura e escrita. Com isso, estamos contribuindo para a formação dos futuros guardiões da nossa língua”, comemorou Beth Fernandes, da Assessoria de Relações Internacionais da Secec.

 

“Esperamos repetir o mesmo sucesso de adesão que tivemos na premiação do ano passado, onde pudemos constatar o enorme talento dos nossos jovens poetas!”, emenda o subsecretário de Patrimônio Cultural da Secec, Aquiles Brayner.

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)
E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br