Governo do Distrito Federal
5/08/21 às 16h39 - Atualizado em 14/07/22 às 16h03

Assessoria Internacional

Ascom/Secec

14.7.22

16:00:00

 

A Assessoria Internacional da Secec trabalha em diálogo com as embaixadas e as organizações internacionais para estreitar relações institucionais e culturais entre esses organismos e o GDF.

 

Coordenada pela assessoria especial Sâmea Andrade, as atividades avançam, no sentido de mostrar o potencial de Brasília como capital cultural e patrimônio da humanidade.

 

Contatos: samea.andrade@cultura.df.gov.br

Telefone: 61 2017-4037

 

Ações 2021  

 

Por Sâmea Andrade 

 

BRASÍLIA ADERE AO FÓRUM WCCF

 

Brasília alçou novos voos. A capital tornou-se membro oficial do World Cities Culture Forum (WCCF) – Fórum Mundial de Cultura das Cidades -, cujos líderes e governos exploram a cultura como vetor de desenvolvimento dos centros urbanos. A Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) concluiu o processo de adesão no final de fevereiro de 2021, e se prepara para colher os benefícios dessa participação.

 

Criado em 2012, momento em que incluía Londres, Nova York, Shanghai, Paris, Tóquio, Sydney, Istambul e Johannesburgh, o WCCF, atualmente, é formado por 43 cidades, abrangendo seis continentes. As atividades da rede de cidades incluem um fórum anual, webinários, intercâmbios entre os membros e um relatório (World Cities Culture Report) publicado a cada 3 anos.

 

Os fóruns anuais – onde os principais representantes culturais dos governos participantes discutem, compartilham e promovem ações, pesquisas e experiências – têm o intuito de embasar políticas públicas no campo da cultura e das artes. Esses eventos são organizados pela Prefeitura de Londres.

 

PROJETO CIC 2022

 

Fortalecer os laços de amizade com países vizinhos e exaltar nossa identidade ibero-americana. Essa é a proposta da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) ao celebrar Brasília como Capital Ibero-americana das Culturas em 2022. Ao longo do ano, a capital federal vai receber eventos e políticas públicas para exercer com excelência o título oferecido pela União das Cidades Capitais Ibero-americanas (UCCI), rede de cidades da qual Brasília é membro desde 1986.

 

Desde a candidatura, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa tem contado com o apoio do Escritório de Assuntos Internacionais do DF (EAI) para a realização de atividades afetas ao tema. Ao longo desta gestão, as pastas vêm atuando em coordenação para que sejam implementadas políticas públicas e programação cultural compatível com o que se espera da Capital Ibero-americana das Culturas, com o suporte do comitê curatorial formado por órgãos do GDF, criado para ratificar as ações propostas.

 

Saiba mais:

https://www.cultura.df.gov.br/brasilia-sera-a-capital-ibero-americana-da-cultura-em-2022/

https://www.cultura.df.gov.br/brasilia-conhece-politicas-culturais-do-mexico/

https://www.cultura.df.gov.br/festival-de-rock-agita-a-concha-acustica/

 

PROJETO MULHERES INSPIRADORAS DA IBERO-AMÉRICA: A ARTE URBANA COMO INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL

Mulheres inspiradoras da Ibero-américa

 

Brasília foi anfitriã, entre os dias 27 e 30 de junho, de artistas urbanas estrangeiras de Buenos Aires (Argentina), Bogotá (Colômbia) e Lima (Peru). A ação é fruto do projeto de cooperação técnica realizado entre o Governo do Distrito Federal e a União das Cidades Capitais Ibero-americanas (UCCI), Mulheres Inspiradoras da Ibero-américa: a Arte Urbana como Instrumento de Transformação Social, patrocinado pela UCCI, que produziu um mural coletivo na fachada externa da sala Cássia Eller, no Eixo Cultural Ibero-americano. O projeto incluiu ainda um seminário sobre mulheres inspiradoras da região e um workshop de grafite com a participação de artistas locais, no Espaço Cultural Renato Russo.

 

Saiba mais:

https://www.internacional.df.gov.br/12118-2/

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br