Governo do Distrito Federal

Biblioteca Pública de Brasília

História

 

Inaugurada em 1990, a Biblioteca Pública de Brasília (BPB) localiza-se na EQS 312/313 e conta com aproximadamente 313 metros quadrados. A Biblioteca disponibiliza espaço coberto para estudo e pesquisas e conta, ainda, com um Jardim de Leitura que possibilita os usuários estudar ao ar livre.

 

Link Google Arts & Culture:https://artsandculture.google.com/partner/biblioteca-publica-de-brasilia

 

 

 

Símbolo da ação da comunidade, a Biblioteca Pública de Brasília abriu suas portas em 12 de março de 1990, no Dia do Bibliotecário. Com a missão de converter prateleiras de alimentos em estantes de livros, as bibliotecárias Neusa Dourado e Telma Bandeira conseguiram transformar um mercadinho desativado da Sociedade de Abastecimento de Brasília em um equipamento cultural na Asa Sul.

 

A iniciativa tomou força por meio do Movimento Associativo, representado à época pela Bibliotecária Iza Antunes, que juntou abaixo-assinado com mais de 100.000 assinaturas da comunidade, solicitando esforços do governo local na criação de uma biblioteca.

 

 

Primeira biblioteca pública da Secec, localizada na quadra 312/313, a BPB tem 313 metros quadrados e conta com um acervo com cerca de 20 mil obras para consultas locais e empréstimos. No momento, segue fechada por conta das medidas de isolamento social.

 

Ao longo destes 31 anos, além de atender a comunidade, também contabiliza a realização de diversos projetos educativos e culturais destinados à população, como os mais recentes realizados em 2019, “Roda de Choro” e “Meditação na Biblioteca”.

 

Após passar por revitalização em 2017, o espaço foi reinaugurado em 2018 e ganhou reparos e recursos tecnológicos para oferecer aos usuários. Com a reforma, o equipamento conta com o Setor de Referência, Jardim de leitura, Espaço Infantil, Setor Administrativo e o Telecentro, com disponibilização de computadores e Wi-Fi, além de 24 cabines de estudo individuais.

 

A bibliotecária aposentada responsável pela criação da BPB, Neusa Dourado manifesta o sentimento de dever cumprido ao ver o público usufruir e cultivar o hábito da leitura e dos estudos. “Trabalhar na Biblioteca Pública é uma verdadeira missão para com as comunidades. Fico feliz que, de alguma forma, a sementinha que plantei no passado está se perpetuando em ações benéficas para a Biblioteca Pública de Brasília”, completou a bibliotecária.

 

 

Reabertura em 2022

 

Um dos equipamentos culturais mais charmosos do Distrito Federal, a Biblioteca Pública de Brasília (BPB) reabre as portas para a comunidade, nesta sexta-feira (21.1), completamente reformada. A Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) investiu R$ 332 mil em manutenção do espaço que retoma as atividades com novas instalações.

 

Leia mais

Biblioteca Pública reabre reformada

 

Hugo Lira

Acesso ao Jardim de Leitura

Em destaque, a recuperação do Jardim de Leitura, que ganhou uma cobertura especial com telhas termoacústicas, piso de cerâmica, revitalização do alambrado e instalação de refletores externos. Antes, essa área era protegida parcialmente por um toldo que, em tempo chuvoso, tornava o ambiente impróprio para os estudos: do barulho da chuva ao excesso de goteiras.

Acervo

O seu acervo é constituído de cerca de 21 mil exemplares divididos em: acervo geral, referência, infanto-juvenil, gibiteca, estante de concursos, escritor brasiliense, periódicos e diários de notícias locais e nacionais. Para consultar o Acervo on-line da Biblioteca Pública Clique Aqui.

 

Empréstimos on-line

No caso da BPB, o usuário deve perguntar sobre o acervo e a disponibilidade antes. O atendimento acontecerá exclusivamente por meio do e-mail: bibpub312@gmail.com e WhastApp Business: 3245-5022.

 

Com regime escalonado e limite de público, o funcionamento acontece da seguinte forma: segundas, quartas e sextas, o empréstimo de livros ocorre das 9h às 12h; às terças e quintas, o atendimento será das 14h às 17h.

 

Os livros, que anteriormente tinham o prazo de 15 dias, agora podem ser emprestados por 30 dias. Com até duas renovações. São dez atendimentos por dia.

 

Telecentro

Na BPB os usuários têm a sua disposição um Telecentro – uma sala de informática com computadores e acesso à Internet. O acesso se dá de forma gratuita para os usuários cadastrados da BPB. O Telecentro é resultado de convênio celebrado entre a Secretaria de Cultura e o Ministério de Ciência e Tecnologia.

 

Doações

A BPB recebe e repassa as doações de acordo com a política de desenvolvimento do acervo.

 

Cadastro

Para se cadastrar na Biblioteca Pública de Brasília é necessário comparecer ao local com os seguintes documentos: foto 3X4 recente, comprovante de residência, documento de identidade, duas referências pessoais e Termo de Compromisso. Se o usuário for menor de idade deve apresentar autorização expressa dos pais ou responsáveis.

 

Cuidados com a Covid-19:

Acesso só com uso de máscaras.

A Biblioteca Pública de Brasília fica responsável por disponibilizar máscaras a todo cidadão que justifique não ter acesso ao produto no momento da entrada;
Haverá álcool gel disponível no dispensário de pedal à entrada;
Caso o usuário tenha interesse em levar emprestado material bibliográfico, poderá consultar o acervo e solicitar na própria Biblioteca Pública de Brasília ou por meio do e-mail bibpub312@cultura.df.gov.br.

 

Horário de funcionamento (em tempo presencial)

Segunda a sexta-feira, de 9h as 17h, e ao sábados, de 7h30 as 13h30.
O balcão de atendimento encerra 30 minutos antes do fechamento da biblioteca.

 

Contatos

Gerente: Sheila Gualberto Borges Pedrosa
Telefone: (61) 3245-5022
e-mail: gbpb@cultura.df.gov.br