Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/10/21 às 11h50 - Atualizado em 25/10/21 às 15h46

Secec investe no carnaval tradicional

COMPARTILHAR

Texto: Sérgio Maggio. Edição: Sâmea Andrade

25/10/2021

12:00:00

 

Ouça o resumo da notícia

 

Descontinuado desde 2015, o desfile das Escolas de Samba do Distrito Federal movimenta um ano inteiro de trabalho comunitário. É uma ação potente de formação, socialização e renda para o entorno que vive na circunvizinhança das quadras de ensaios. Com objetivo de estruturar essa cadeia produtiva, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) lança o edital 34/2021 para selecionar duas propostas de organização da sociedade civil (OSC) para desenvolver atividades de apoio às entidades culturais carnavalescas permanentes (escolas de samba e blocos tradicionais).

 

Será aportado o valor de teto máximo de R$ 3.950,00 (três milhões, novecentos e cinquenta mil reais). O edital foi publicado nesta segunda-feira (25/10) no Diário Oficial do Distrito Federal.

 

Serão selecionadas duas propostas:

 

Categoria A – Projeto voltado ao menos a oito localidades/territórios de blocos tradicionais (R$ 1,2 mi)

Categoria B – Projeto voltado ao menos a 15 localidades/territórios de blocos tradicionais (R$ 2,75 mi)

 

Acesse na íntegra o Edital 34/2021.

 

 

“O edital reflete essa política pública que permite a rearticulação dos grupos que atuam com atividades permanentes. Assim, firmamos o compromisso para a volta dos desfiles em 2023”, aponta o secretário de Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues.

 

CARNAVAL CULTURAL

Acervo Pessoal: Instagram

Coordenado pela Subsecretaria de Difusão e Diversidade Cultural (SDDC), a ação vai apoiar a gestão administrativa de entidades carnavalescas; estimular a integração dos antigos componentes e a participação de novos, em diversos setores das entidades; além de propiciar um ambiente de sustentabilidade das atividades nos territórios onde estão localizadas.

 

“Assim, disseminamos a importância do carnaval como elemento sociocultural do Distrito Federal; valorizando a contribuição das escolas de samba e dos blocos tradicionais para a cultura local e nacional”, destaca a subsecretária, Sol Montes, que realizou, em setembro, o I Seminário Diálogo sobre Carnaval, realizado em 28 e 29 de setembro, com representantes das entidades e convidados nacionais.

 

Esse é um segundo edital que apoia o retorno das escolas de samba e blocos tradicionais. Com inscrições abertas até 30.10, o Escola de Carnaval (27/2021) vai aportar R$ 1,5 milhão para selecionar instituição que vai desenvolver proposta de capacitação para as entidades carnavalescas. Essas atividades ocorrem em 2022, visando potencializar as agremiações para o desfile em 2023.

 

Essas ações estão apoiadas na Lei Distrital Nº 4.738, que prevê o fomento da Secec nas entidades permanentes.

 

INSCRIÇÃO

As inscrições serão validadas mediante o recebimento pela Subsecretaria de Difusão e Diversidade Cultural, das propostas digitais no período de 25 de outubro a 23 de novembro de 2021.

 

Envio da Ficha de Inscrição (Anexo I)  e da Proposta (de acordo com Anexo II), para a Comissão de Seleção do chamamento público, por e-mail devidamente identificado com o título: “Proposta: Apoio a Atividades Carnavalescas Permanentes” em formato eletrônico PDF, para o endereço: protocolo@cultura.df.gov.br.

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br