Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/10/21 às 17h29 - Atualizado em 11/01/22 às 13h47

V Conferência de Cultura

Ascom/Secec

11/01/2022

10:42:03

 

Ouça o resumo da notícia

 

A V Conferência de Cultura do Distrito Federal promoveu o debate sobre a agenda artístico-cultural do DF no cenário pós-pandêmico por meio do pluralismo das opiniões e mapeou quais os caminhos para o setor em diálogo com o Plano de Cultura do Distrito Federal. Realizada virtualmente entre os dias 3 e 5 de dezembro de 2021, numa parceria entre a Secretaria de Cultura e Economia Criativa e o Conselho de Cultura do Distrito Federal, o encontro não ocorria desde 2015.

 

“Vamos ampliar ainda mais essa discussão. Brasília tem muito a oferecer dentro do âmbito cultural. Me orgulho em dizer que a Cultura do DF não tem mais bolhas, estamos trabalhando em unidade com todos que fazem o setor”, aponta o secretário Bartolomeu Rodrigues. que abriu a V Conferência em live transmitida no YouTube da Secec.

 

 

Artistas, produtores, gestores e representantes da comunidade discutiram ao longo dos três dias sobre as estratégias para o fortalecimento do Sistema de Arte e Cultura (SAC) do Distrito Federal. Todo o processo foi amplamente discutido e ainda adotou o uso da técnica de Registro Aberto, que é a metodologia onde as propostas são registradas livremente e levadas à plenária para aprovação.

 

Coube ao grupo de delegadas e delegados votar, discutir e priorizar as propostas apresentadas à Plenária da V Conferência de
Cultura do DF, além de desenvolver um amplo debate, e defesa de ações que seriam aprovadas a partir das propostas das pré-conferências, estabelecendo assim o plano de ações organizadas por eixo temático.

 

“O resultado foi muito produtivo e a sensação foi de felicidade. Afinal, depois de tantos anos sem uma conferência, nós participamos desse debate tão importante e fundamental sobre a Cultura do Distrito Federal”, destaca a presidente do Conselho de Cultura do Distrito Federal (CCDF), Beth Fernandes.

 

Pautas relacionada à capacitação e formação dos agentes culturais, maior divulgação das leis de incentivo à cultura e valorização das representatividades étnicas dos povos tradicionais foram debatidas durante o evento. A elaboração de um calendário de Eventos das Regiões Administrativas (RAs), reforçar e ampliar o programa Conexão Cultura e a criação de políticas de cultura para formação, capacitação e preservação do conhecimento profissional da área técnica na cultura são algumas das propostas aprovadas durante a conferência.

 

Acesse o relatório final da V Conferência

 

Confira algumas ações aprovadas por eixo:

 

Eixo 1. Diversidade e Representatividade

 

Ação 1. Incentivar a produção artístico-cultural, fortalecendo toda a cadeia
produtiva do DF, por meio da divulgação das leis de fomento e de legislação
específica referentes à diversidade e representatividade, formação e
capacitação dos agentes culturais, fomento e garantia de recursos para essas
aplicações.

Ação 4. Ampliar linhas específicas para iniciantes, diferenciadas por tempo de
atuação, e promover acesso aos editais de fomento e cultura.

 

Eixo 2. Descentralização e Democratização

 

Ação 1. Promover e fomentar feiras de artesanatos em todo o Distrito Federal.

 

 

Ação 3. Garantir recursos emergenciais extraordinários para o setor cultural do
DF e RIDE em casos de situação atípica como de calamidade pública.

 

Eixo 3. Economia da Cultura
Ação 2. Propor à Secretaria de Estado de Cultura e Secretaria de Estado de Governo que elaborem diagnóstico anual sobre os percentuais de recursos que chegam a cada macrorregião e RAs.
Ação 4. Fortalecer a Rede Integra para promover a formação de administradore(a)s e funcionários das administrações regionais envolvidos com
cultura, para que aprendam os trâmites de elaboração de um edital, inclusive os instrumentos de fomento e financiamento cultural, a função dos CRCs e demais conselhos, a LOC, o Plano de Cultura do DF, compreendendo as dificuldades de acesso dos entes e agentes culturais.

 

Eixo 4. Patrimônio Cultural (Material/Imaterial/Natural) 
Ação 2. Criar e manter quadro de profissionais da área técnica de arte e cultura para trabalho e manutenção dos espaços e equipamentos culturais do DF, com a preferência de realização de concurso público para formação do quadro e realização de capacitação continuada dos profissionais.
Ação 5. Criação de Plano Distrital de Gestão e Manutenção de Espaços e Equipamentos Culturais do DF em parceria com os conselhos e administrações regionais, desburocratizando e ampliando o uso e acesso por parte da população, incluindo a produção de cartilhas de utilização dos espaços voltadas ao público
geral.

 

Eixo 5. Formação e Intercâmbio Cultural
Ação 1. Criar e institucionalizar uma rede de qualificação e produção, por meiodos colegiados setoriais de cultura, incentivando o intercâmbio entre os diversos segmentos culturais e regionais do DF.
Ação 2. Elaborar e atualizar anualmente mapeamento cultural de artistas, coletivos, grupos formais e informais, espaços e equipamentos públicos e privados, dentro de cada RA, organizando dados para subsidiar e apoiar políticas públicas, ações, programas e projetos coerentes com as realidades e especificidades de cada região.

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br