Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
6/06/23 às 11h20 - Atualizado em 6/06/23 às 11h29

Um show de beleza no hall da BNB

Texto: Lúcio Flávio. Edição: Giselle Chassot (Ascom Secec)

 

 

 

A poucos dias da grande festa dos desfiles das escolas de samba do Distrito Federal, o brilho das fantasias já pode ser visto no hall de entrada da Biblioteca Nacional do Distrito Federal (BNB). Na noite de segunda-feira (05/06), foi aberta a exposição “Fantasias Carnavalescas”. O evento conta com curadoria de ninguém menos do que Milton Cunha, o badalado carnavalesco dos desfiles cariocas.

 

“Estou fascinado pelo projeto cultural brasiliense da retomada das atividades, que são simbólicas para o Brasil. Somos a capital mundial da escola de samba e Brasília está bem na fita, se preparando para ser o terceiro maior carnaval do país”, destaca o artista, que ministrou, em março deste ano, uma oficina Confecção de Fantasias do projeto Escola do Carnaval, promovido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec). “O evento demonstra a potência criativa dos artistas da folia brasiliense”, resume a subsecretária de Difusão e Diversidade Cultural, Sol Montes.

 

Ao todo, são 16 fantasias desenhadas por alunos das agremiações, que tiveram a oportunidade de criar quatro esboços, sendo três em tecido e um em espuma. A curadoria escolheu o melhor desenho de fantasia em tecidos de cada um dos participantes. A beleza das cores, traços e estampas de cada fantasia foi norteada pelo contexto de cada enredo desenvolvido pelas treze escolas de samba que vão desfilar no Eixo Cultural Ibero-Americano entre os dias 23 e 24 de junho.

 

A condição de Brasília como a capital da Cultura Ibero Americana, a arquitetura da Guatemala, negritude no Uruguai, personagens históricos como Frida Kahlo, Evita Perón e Carlos Gardel estão entre os temas trabalhados pelos alunos das escolas de samba que participaram da oficina de Confecção de Fantasias.

 

“Essa exposição, junto com o desfile que acontecerá em breve, representa o renascimento do carnaval aqui em Brasília. Nunca é demais mostrar a criatividade, o talento e o potencial que tem esse segmento na capital”, destaca o secretário de Cultura e Economia Criativa Bartolomeu Rodrigues.

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br