Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/04/21 às 16h37 - Atualizado em 29/04/21 às 16h39

Último dia do I Festival Gira Cultura reúne diversidade de expressões artísticas

COMPARTILHAR

Texto e edição Guilherme Lobão (Ascom Secec)

29.4.21

16:37:00

 

Criado para celebrar os 61 anos de Brasília, o I Festival Gira Cultura chega ao fim do ciclo de homenagens para a capital com exibição total de 61 vídeos de agentes culturais do DF, além de atividades formativas e debates. Ao longo de mais de uma semana, o público teve a oportunidade de assisitir às mais diversas e ricas expressões artísticas dos talentos do quadradinho. 

 

No último dia do festival, a programação reúne toda essa diversidade de linguagens, com música, teatro, de conteúdo audiovisual e abordagem das artes visuais. “Participar do Gira Cultura e fazer essa homenagem a Brasília foi especial”, atesta o saxofonista Esdras Nogueira, cuja interpretação da música “Mora na Filosofia” ganha imagens da capital realizadas pela fotógrafa Joana França. “Ela arrasou nas imagens de Brasília, cidade que nos inspira e que mesmo ainda tão nova já tem uma identidade cultural muito rica”, reconhece.

 

O vídeo vai ao ar às 10h, sempre no canal do YouTube da Secretaria de Cultura de Economia Criativa do DF (Secec). Antes, às 9h, o espetáculo Brecht na Biblioteca, da Cia. Burlesca, adapta para vídeo a leitura dramática da peça “A Exceção e a Regra”, do dramaturgo alemão.

 

Leia Mais

Mostra Brasília 61 celebra o cinema da capital

Gira Cultura DF capacita e debate políticas culturais

Videos de diversas linguagens vão compor o Festival Gira Cultura DF

Multicultural, Festival Gira Cultura celebra 61 anos de Brasília

 

Pedro Caroca, um dos atores do elenco, acredita que, apesar do tempo difícil para o setor cultural, o formato adotado pelo Gira Cultura abriu inúmeras possibilidades. “Como espectador estou adorando ver a produção de artistas diferentes. Vejo um mosaico bem diverso de opções e linguagens. Gente do Plano e de fora. Como artista é um privilégio. Mesmo neste momento em que não podemos fazer como gostaríamos, estamos conseguindo ocupar os espaços virtuais. E amplia o acesso para fora do DF”, postula Caroca

 

“Poder ter o trabalho sendo divulgado nesta escala que o online permite é muito interessante. Fizemos a inscrição deste projeto justamente por ser uma boa oportunidade de ser divulgado. Ficamos felizes de poder estender o projeto no Gira Cultura”

 Carol Senna, diretora de arte de O Correio

 

Para Carol Senna, diretora de arte do teaser musical “O Correio”, canção de Alberto Salgado e Manuel Herzog, este formato do festival permite um maior alcance dos trabalhos artísticos. “Poder ter o trabalho sendo divulgado nesta escala é muito interessante. Fizemos a inscrição deste projeto justamente por ser uma boa oportunidade de ser divulgado. Este é um teaser do projeto da música do Alberto, que será lançada em breve. Ficamos felizes de poder estender o projeto no Gira Cultura”, celebra. “O Correio é a atração da faixa das 16h.

 

O último dia do Gira Cultura ainda reserva para o público ainda, às 14h, a animação da exposição virtual de artes visuais “Pensando Oscarmente”, com telas compostas por traços em homenagem ao arquiteto Oscar Niemeyer, realizada em uma maquete virtual em 3D do Catetinho, para homenagear os 60 anos de Brasília.

 

A partir das 15h, vai ao ar o resultado da oficina de realização cinematográfica Centro Audiovisual: Percursos e Trilhas, que contou com a instrução de profissionais do cinema do Distrito Federal para estimular jovens da cidade à produção audiovisual.

 

Para encerrar, de noite, o canal da Secec transmite a cobertura do produtor Fabio Alexandre da turnê sul-americana da banda Never Look Back, a partir do olhar de jovens da capital federal. Às 20h, o espetáculo “DeBanda” encerra a maratona de atividades culturais do Gira Cultura representando o show do multiartista que consegue interpretar vários personagens além de tocar instrumentos diversos simultaneamente.

 

Atividades paralelas

 

Uma programação extensiva de oficinas e mesas vai capacitar agentes culturais e debater eixos da política cultural da Secec. A programação é um painel imersivo nas principais políticas culturais da Secec e envolve as principais áreas fins, como as subsecretarias. Toda a programação paralela será transmitida pela Secec, dentro do Festival Gira Cultura DF, que comemora os 61 anos de Brasília.

 

Confira a Programação completa

 

30.4

 

 

09h

Brecht na Biblioteca

Teatro

Livre

 

10h

Mora na Filosofia – Esdras Nogueira e grupo

Música

Livre

 

11h – Oficina Gira

 

 

Compreendendo a Lei Orgânica da Cultura (LOC)

A Lei Orgânica da Cultura rege o Sistema de Arte e Cultura (SAC) no DF. Entendê-la é fundamental para o desenvolvimento da política cultural.

Com Laiza Spagna (Assessoria Jurídico Legislativa)

 

14h

Exposição Pensando Oscarmente & Oficinas de Gestão Cultural – Brasília 60 anos.

Audiovisual

Livre

 

15h

Centro Audiovisual: Percursos e Trilhas

Audiovisual

Livre

 

16h

O Correio

Música/Audiovisual

Livre

 

17h – Mesa Gira

 

 

Cultura e os Desafios Pós-pandemia

Os impactos na cultura durante a pandemia da Covid-19 geraram outras formas de fazer e de pensar a cadeia criativa?

Mediação: Sâmea Andrade (Assessoria de Comunicação)

Com Bartolomeu Rodrigues (Gabinete), João Moro (Subsecretaria de Fomento e Incentivo Cultural), Silvio Tendler (Estados Gerais da Cultura)

 

 

19h

 

Never Look Back – Documentário “Un Solo Corazón Tour” – América do Sul ’19

Audiovisual

Livre

 

20h

Debanda

Teatro

Livre

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br