Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/08/19 às 12h21 - Atualizado em 30/08/19 às 12h21

Secretário recebe artista plástico para discutir projeto de celebração aos 60 anos de Brasília

COMPARTILHAR

O secretário de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec) Adão Cândido e o secretário executivo da pasta, Cristiano Vasconcelos, receberam nesta quinta-feira (29) o escritor e criador do projeto “Ateliê ao ar Livre”, Otoniel Fernandes e a assessora do Tribunal Regional Eleitoral, Juliana Bichuette. O encontro teve como pauta principal o lançamento de livro para homenagear os 60 anos de Brasília.

O projeto, nomeado “Brasília 60 anos, um ateliê ao ar livre”, consiste em confeccionar telas com os monumentos da capital e reuni-las em um catálogo. Adepto da pintura ao ar livre há mais de 40 anos, Otoniel Fernandes transformou a paisagem em seu ambiente de trabalho. “Creio que este trabalho trará grande visibilidade às paisagens brasilienses”, conta o artista plástico.

Nesse sentido, o pintor solicitou apoio da Secec tanto na execução quanto no lançamento do projeto. Fernandes argumenta que suas pinturas feitas no campo são marcadas pela preciosidade do momento e que Brasília certamente é um dos lugares ideais para a realização do trabalho artístico.

O secretário Adão Cândido parabenizou o artista pela expertise em realizar pinturas ao ar livre e considera que o projeto artístico pode ser incluído no calendário de comemorações dos 60 anos da capital federal.

Para viabilizar a execução do projeto, o líder da pasta sugeriu a inscrição em linhas de fomento. “A possibilidade de captação via emenda parlamentar também é interessante”, complementa. O secretário executivo acrescentou ainda a Lei de Incentivo à Cultura (LIC) como possível fonte de recursos. Para Vasconcelos, a parceria com a iniciativa privada por meio de isenção fiscal pode ser mais eficiente. “Sugiro que, além de inscrever o projeto na LIC, paralelamente se tente apoio de algum parlamentar para a celebração de um Termo de Fomento”, finaliza comprometendo-se a agendar reunião com possíveis incentivadores.