Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/08/19 às 17h23 - Atualizado em 23/08/19 às 17h34

Secretário discute incorporação patrimonial e melhorias para o Museu do Catetinho

COMPARTILHAR

O secretário de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec) Adão Cândido recebeu nesta sexta-feira (23), o administrador da Região Administrativa (RA) do Park Way, José Joffre, o subsecretário de Patrimônio Cultural Cristian Brayner, a gerente do Museu do Catetinho Artani Grangeiro, e representantes da diretoria do Country Clube, juntamente com seu presidente, Carlos Henrique de Paula. O encontrou teve como pauta as demandas do Museu do Catetinho e assuntos relacionados à região do Park Way.

 

Eles celebraram a obra de acesso ao Museu do Catetinho. A entrada facilitada está deve ser entregue ainda em setembro, e vai melhorar o acesso ao equipamento cultural. “Agora os visitantes não enfrentarão problemas para chegar ao museu, com um acesso direto e bem mais prático”, ressaltou Joffre.

 

Outro ponto destacado pela comitiva foi o pedido de apoio para a integração do Catetinho ao museu da “Casa Velha da Fazenda Gama”. Localizada na propriedade interna do centro recreativo Country Clube, a casa abrigou autoridades durante a construção do palácio de tábuas e possui um grande acervo de memórias da trajetória do ex-presidente Juscelino Kubistchek e da equipe que idealizou a capital.

 

De acordo com o presidente do clube Carlos Henrique Paula, a Casa Velha é uma extensão do contexto histórico e afetivo do Catetinho, sendo de total interesse compartilhar a propriedade com o equipamento. “Tudo começou na Casa Velha e gostaríamos de compartilhar essas memórias com os visitantes do palácio de tábuas”, explica.

Nesse sentido, a diretoria da associação privada, juntamente com a equipe da Administração do Park Way articularam um projeto para integrar a Casa Velha junto ao museu regido pela Secec. O grupo informou que a agregação dos dois patrimônios pode ser feita por emenda parlamentar.

 

De acordo com o secretário Adão Cândido, o projeto de integração com o Catetinho faz parte do contexto cultural e enriquece a experiência dos visitantes ao museu. O líder da pasta solicitou que fosse estruturado o projeto para a viabilização da incorporação dos dois polos culturais. “Temos o total interesse em investir em infraestrutura e ocupação dos equipamentos culturais, porém precisamos de tempo hábil para analisar os aspectos técnicos”, ressalta.

 

Por fim, o titular da pasta, juntamente com a gerente do MC e os diretores da associação privada, assinaram juntos um Termo de Constituição de Servidão e Passagem, concedendo à Administração do Park Way o apoio formalizado pela Secretaria e Cultura e Economia Criativa do DF (Secec) pela incorporação e comunicação dos dois espaços culturais.

 

 

Foto: Ludimila Barbosa SECEC DF