Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/10/21 às 10h10 - Atualizado em 2/11/21 às 10h44

Secec revitaliza Casa do Cantador, de Ceilândia

COMPARTILHAR

Texto: Loane Bernardo. Edição: Sérgio Maggio (Ascom Secec)

22/10/2021

09:30:21

 

Ouça o resumo da notícia

 

Com investimento de R$ 282.302,87, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) conclui reforma da Casa do Cantador, em Ceilândia. Durante uma força-tarefa de 45 dias, o Palácio da Poesia, como é conhecida a obra de Oscar Niemeyer, teve toda a fachada restaurada. A parte externa ganhou um reforço extra com aplicação de argamassa, impermeabilização e pintura, inclusive a laje e áreas superiores.

 

Devido ao tempo chuvoso e o alto risco de infiltrações, a Secec realizou tratamento com malha protetora para evitar qualquer tipo de dano causado pela umidade. Responsáveis pelo escoamento das águas pluviais, as grelhas e grades do espaço cultural também foram desobstruídas e limpas.  Para modernizar a parte elétrica, todos os refletores foram trocados por equipamentos de LED, de 50, 100 e 200 Watts, que garantem uma iluminação mais eficiente e consomem menos energia elétrica. Também foi efetuada a troca geral da iluminação danificada, revisão nos quadros elétricos para novas instalações, substituição de cabeamentos elétricos e limpeza geral da área externa.

 

 

Durante visita técnica feita na quinta-feira (21.10), o secretário de Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues, e sua equipe celebraram as ações de revitalização do espaço cultural que é considerado celeiro da cultura nordestina do Distrito Federal.

 

“É com grande alegria que entrego reformada a capital oficial dos nordestinos no DF. Esse equipamento não é só importante para os nordestinos que residem no Distrito Federal, mas para toda a cultura do Brasil. A Casa do Cantador é um espaço emblemático, obra de Oscar Niemeyer, que, em breve, voltará a receber grandes espetáculos”, destaca o titular da pasta.

 

Gerente da Casa do Cantador, Zé do Cerrado diz que a cidade vibra em ter sua casa de volta. “Ceilândia possui uma população de quase um milhão e meio de habitantes, e o nosso Palácio da Poesia abriga múltiplas funções e todos os segmentos culturais possíveis. A nossa casa de cultura está pronta”, reforçou.

 

À frente da Subsecretaria do Patrimônio Cultural, Demétrio Carneiro acrescentou a relevância de se manter intacta uma das obras mais importantes do arquiteto Oscar Niemeyer. “Essa obra foi feita pelos candangos e será entregue de modo impecável a todos os candangos, brasilienses e brasileiros”, arrematou.

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br