Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/03/19 às 19h23 - Atualizado em 20/03/19 às 22h35

Cultura discute reforma de Teatro com área federal

COMPARTILHAR

Temas essenciais para a Cultura do Distrito Federal foram discutidos nesta quarta-feira (20) pelo secretário de Cultura Adão Cândido e pelo secretário Nacional de Cultura, Henrique Pires. Na pauta, projetos de fomento à cultura e propostas para promoção da difusão cultural.

 

Cândido falou sobre a reforma do Teatro Nacional Cláudio Santoro, uma das prioridades da gestão. Ele explicou que por se tratar de uma obra complexa, orçada em mais de R$200 milhões, o projeto foi fatiado, o que viabiliza a entrega em etapas. A primeira fase, que contempla a revitalização da Sala Martins Penna e toda a parte elétrica da edificação, já obteve autorização para captar recursos utilizando a Lei Rouanet.

 

O titular da Cultura no DF destacou que se trata de um projeto grandioso, em monumento tombado e que é parte da história de Brasília. “Contar com o apoio do governo federal para viabilizar esta ação é essencial. Já estamos articulando com patrocinadores o aporte dos R$43 milhões necessários para a fase inicial”, disse Adão Cândido.

 

O secretário de Cultura também falou sobre a proposta de implementar na capital o Bairro Criativo, espaço que vai abrigar uma série de atividades ligadas à economia da cultura. A ideia é criar um ambiente com potencial de desenvolvimento de atividades como audiovisual, games, gastronomia e inovação.

 

Para ele, promover a difusão cultural é fundamental para garantir a geração de emprego e renda e garantir a profissionalização das atividades culturais. “Trazer para o centro da cidade um hub onde várias atividades relacionadas à cadeia produtiva da Cultura possam ser desenvolvidas vai impulsionar o desenvolvimento do DF, que tem um magnífico potencial artístico”, defendeu.