Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
3/10/22 às 10h53 - Atualizado em 6/10/22 às 12h30

Orquestra vai do Cine Brasília a Taguatinga

Texto: Alexandre Freire. Edição: Sérgio Maggio (Ascom Secec)

05/07/2022

15:01:00

 

Do Cine Brasília para o Sesi Taguatinga, em julho, a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (OSTNCS), equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), segue o caminho da circulação, que tem marcado o conjunto instrumental neste ano de 2022.

 

Foto de Marina Gadelha

 

Tivemos a ideia de criar o projeto ‘Clássicos nas Cidades’ dentro dessa política de descentralização cultural que faz o público das Regiões Administrativas terem acesso ao concerto da Orquestra em teatros de suas redondezas”, destaca o secretário de Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues. 

 

Mais uma noite de excelência em música clássica, com destaque para violino e piano em obras de George Gershwin, Felix Mendelssohn e Samuel Barber. Este é o programa imperdível para esta terça-feira (5.7) na apresentação da Orquestra no Cine Brasília, às 20h, com entrada gratuita e indicação livre.

 

Essa deve ser a despedida da OSTNCS do templo do cinema em Brasília. “Em agosto, a previsão é de que o Teatro Plínio Marcos seja a nova casa da Orquestra, no Eixo Cultural Ibero Americano. Retornaremos com a ópera Carmen de Bizet”, adianta o maestro Cláudio Cohen, que regerá as duas apresentações de julho. O concerto desta terça-feira é uma promoção conjunta da Secec, da Casa Thomas Jefferson e da Embaixada dos Estados Unidos, homenageando a independência do país norte-americano (4 de julho de 1776) e o bicentenário da Independência dos Brasil.

 

Arquivo pessoalDUO AVITA

As solistas da noite são a violonista estadunidense de 18 anos Katya Moeller, considerada uma “instrumentista fenomenal” por revistas especializadas, e a pianista russa radicada nos EUA Ksenia Nosikova, apresentada como uma virtuose no instrumento. Ksenia e Katya, mãe e filha, formam o Duo Avita. “Elas têm muita experiência musical, já se apresentaram em diversos países com sucesso de público e crítica. No concerto, teremos a oportunidade de conferir a atuação das duas artistas em conjunto”, diz Cohen.

 

“Katya Moeller é um daqueles raros talentos que dão satisfação extrema de ouvir. É dona de uma técnica sólida e uma musicalidade grandiosa”, acrescenta o regente. A pianista é formada pelo Conservatório de Moscou, onde concluiu com a mais alta distinção bacharelado e mestrado. Após emigrar para os EUA, obteve seu doutorado na Universidade do Colorado e, atualmente, é professora da Universidade de Iowa.

 

Sobre a volta a Brasília, Ksenia comenta: “Essa é uma performance especial. Viemos a Brasília há três anos a convite da Casa Thomas Jefferson. Surgiu então a ideia de voltarmos para tocar com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, mas a pandemia interrompeu nossas viagens. Estamos animadas com o concerto de hoje”.

Em relação a dividir o palco com a filha, a pianista diz que “Katya é minha melhor parceira. Tenho tocado com ela desde que começou no violino, quando tinha quatro anos de idade. No início, eu era a mentora e a força que a guiava, mas agora temos vozes iguais. Katya está cada vez mais assumindo o papel principal no duo”. No programa estão as peças “Concerto para Violino e Orchestra Op.14”, de Barber; “Concerto Duplo para Piano e violino em Ré Menor”, de Mendelssohn, e “Rhapsody in Blue”, de Gershwin, música popularizada na abertura do filme “Manhattan” (Woody Allen, 1979).

 

O segundo e último concerto de julho, dia 12.7, será mais uma edição do projeto “Clássicos nas Cidades”, dessa vez numa parceria com o Sesi de Taguatinga. Estão programados para o concerto a “Sinfonia nº 4, Italiana”, também de Mendelssohn, e outros sucessos nas performances da OSTNCS – “Aquarela do Brasil”, “Trenzinho do Caipira”, “Queen Medley”, “Eduardo e Mônica”, pot-pourri de Raul Seixas e tema de “Star Wars”.

 

Serviço:

“Concerto comemorativo da Data Nacional dos EUA e do bicentenário da Independência do Brasil”

Solistas: Katya Moeller, violinista, e Ksenia Nosikova, pianista

Local: Cine Brasília – EQS 106/107

Entrada gratuita, por ordem de chegada com lotação sujeita à capacidade da sala

Classificação indicativa: Livre

 

“Clássicos do Cinema, Rock e Brasileiras”

Terça-feira, 12 de julho de 2022

Horário: 20h

Teatro Iara Amaral SESI – St. F Norte QI 12 – Taguatinga, Brasília

Entrada gratuita, por ordem de chegada com lotação sujeita à capacidade da sala

Classificação indicativa: Livre

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br