Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/10/21 às 22h31 - Atualizado em 4/10/21 às 22h40

Orquestra traz Carlos Gomes e Piazzolla

COMPARTILHAR

Texto e edição: Ascom Secec

5/10/2021

00:01:22

 

Ouça o resumo da notícia

 

A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (OSTNCS) inicia, nesta terça-feira (5.10), a programação de outubro em seu canal do YouTube. A peça escolhida pela sinfônica da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) é a “Sonata para Orquestra de Cordas” (1894), de Carlos Gomes (1836-1896).

 

O autor de “O Guarani”, ópera celebrizada na abertura do programa “Voz do Brasil”, natural de Campinas (SP), é destacado pelo regente Cláudio Cohen como um dos mais importantes representantes do romantismo musical no Brasil. O mês culmina com homenagem a Piazzolla.

 

No dia 12, será reprisada a peça de Felix Mendelssohn “Octeto para Cordas”, gravada no Foyer da Sala Villa-Lobos do TNCS.  O “Octeto”, de Mendelssohn, é tocado pelos solistas de cordas da orquestra Marcus Bastos, Zoltan Pauliyni, Júlio Freita e Luciano Piva (violinos), Cindy Folly e Daniel Marques (viola erudita, de quatro cordas, tocada com arco, entre o violino e o violoncelo, também da família das cordas) e Rodolpho Borges e Augusto Guerra (violoncelos).

 

Na terça-feira do dia 19, o canal programou a “Suite Holberg, Op. 40”, peça de cinco movimentos baseada em formas da dança barroca, composta pelo norueguês Edvard Grieg em 1884 para celebrar o segundo centenário do nascimento do escritor dinamarquês Ludvig Holberg.

 

CENTENÁRIO

Em parceria com a Embaixada da Argentina, o maestro Cohen planeja uma homenagem no dia 26, aos 100 anos de nascimento do compositor Astor Piazzolla, “que revolucionou o tango no século 20” – frisa –, com Luciana Arraes ao violino, solista do quadro da OSTNCS . Sucessos como “Quatro Estações Portenhas” estão previstos.

 

“Tocar essa música como solista é um grande desafio não só técnico, mas também de expressão do estilo argentino do novo gênero de tango criado por Piazzolla – uma mescla entre o tango das ruas de Buenos Aires com a influência do jazz e até de Stravinsky. A música de Piazzolla é cheia de ritmo, paixão e técnica. Tocar Piazzolla é sempre um grande prazer”, revela Luciana, no corpo sinfônico desde 2018.

 

O violista Daniel Marques, na OSTNCS há 16 anos, tem em Piazzolla um de seus compositores prediletos. Também escalado para a audição, ele dá seu depoimento. “Apresento uma de suas principais obras: ‘Le Grand Tango’. Escrita originalmente para violoncelo e piano, a versão para viola foi escrita pelo próprio compositor. Na ocasião, apresentaremos uma versão para viola acompanhada por orquestra de cordas”.

 

PROGRAMAÇÃO DA OSTNCS NO CANAL DO YOUTUBE

Outubro 2021

 

05/10

Antônio Carlos Gomes – “Sonata para Orquestra de Cordas”

Gravado no foyer da Sala Villa-Lobos do TNCS em 2021.

 

12/10

Felix Mendelssohn – “Octeto para Cordas”

Gravado no Foyer da Sala Villa-Lobos do TNCS

 

19/12

Edward Grieg – “Suite Holberg”

Gravado no Foyer da Sala Villa-Lobos do TNCS

 

26/10 (sujeito a confirmação)

Homenagem ao Centenário de Astor Piazzolla

Solistas Daniel Marques (viola); Luciana Arraes (violino).

Auditório do Museu da República às 20 hs.

 

Regências: maestro Cláudio Cohen

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br