Governo do Distrito Federal
12/04/22 às 11h44 - Atualizado em 10/05/22 às 13h56

Orquestra Sinfônica encanta as cidades

Texto e edição Ascom/Secec.

12/4/2022

11:47:01

 

Ouça o resumo da notícia

 

 

A partir dessa terça-feira (12.4), a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (OSTNCS) desloca-se para três cidades do Distrito Federal numa ação de descentralização, acesso e democratização cultural. O projeto “Clássicos nas Cidades” nasceu com a vontade de aproximar a população das Regiões Administrativas de Samambaia, Ceilândia e Planaltina da experiência da música clássica, promovida por um dos conjuntos instrumentais mais importantes do país.

 

 

“Vamos levar a Orquestra para a estrutura dos equipamentos culturais da Secretaria, sediados nesses territórios. São espaços de representatividade para a população que acolhem produções culturais de qualidade. Deslocar a OSTNCS do Plano Piloto para as cidades é um reflexo da política pública que quer aproximar intensamente o cidadão da arte”, observa o secretário.

 

A itinerância começa pelo Complexo Cultural Samambaia (CCS) (12, 19 e 26 de abril), segue para Casa do Cantador em Ceilândia (3 e 17 de maio); e fecha no Centro Cultural de Planaltina (10 e 31 de maio). No repertório, Ludwig van Beethoven, com “Abertura Leonora III”; Alexandre Guerra com “Contos para Orquestra” e Wolfgang Amadeus Mozart com “Sinfonia número 40”.

 

“O conteúdo dos concertos nas RAs contempla a música clássica, mas inclui também os populares temas de filmes, que são uma tradição da OSTNCS”, adianta o maestro Cláudio Cohen.

 

CIDADES EM FESTA

Complexo Cultural Samambaia

A expectativa é grande nos espaços culturais. No Complexo Cultural Samambaia, a gerente Suellen Christine Rodrigues Sousa comemora a programação: “O CCS comemora a possibilidade de ter uma atração desse quilate em seu equipamento”. Em Planaltina e Ceilândia, os gerentes dos espaços fazem coro:

 

“A importância do evento potencializa o acesso à cultura e democratiza o conhecimento das diversas linguagens artísticas. Para o Complexo Cultural de Planaltina, receber a Orquestra Sinfônica possibilita um encontro inédito com audiências na periferia do Plano Piloto e contribui para a formação de novos públicos”, contextualiza Júnior Ribeiro.

 

“Receber a orquestra do Teatro Nacional na casa do Cantador, que é o templo da cultura nordestina, é um privilégio pra nós ceilandenses. Seja bem-vinda”, festeja Zé do Cerrado.

 

CLÁSSICOS NAS CIDADES

Centro Cultural de Samambaia (12, 19 e 26 de abril)

Casa do Cantador Ceilândia (3 e 17 de maio)

Centro Cultural de Planaltina (10 e 31 de maio)

Sempre às 20h. Entrada franca.

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br