Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/11/21 às 16h03 - Atualizado em 25/11/21 às 9h31

Onildes Conrada

COMPARTILHAR

Texto e edição: Mônica Pedroso (Ascom/Secec)

20.11.21

08:00:00

 

Muito da cultura maranhense presente no Distrito Federal, e que tanto enriquece a capital do país se deve à existência de grupos como o Tambor de Crioula Flores de São Benedito. O grupo começou a ser criado em 2009, com a bênção de São Benedito, e mentoria de Mestre Chico Macedo, Barrabás e Preto Celso. Foi idealizado por pessoas que entendem a importância da continuidade e da disseminação das manifestações populares. Dentre elas, está a agente sociocultural Onildes Conrada Santos, que também é do estado nordestino.

 

Onildes Conrada Santos

O primeiro contato de Onildes com o Tambor de Crioula foi na adolescência, lá pela década de 1970. Os ensaios das danças, as apresentações nas ruas, o colorido das roupas e o ritmo fascinavam a jovem que, anos depois, passou de admiradora a promovedora do Tambor de Crioula. Ela percebeu o quanto era importante manter viva a ancestralidade da cultura negra.

 

Moradora do DF há mais de 30 anos e tendo São Benedito como guia, ela difunde as manifestações tradicionais do Maranhão como o Bumba Meu Boi e o Cacuriá. Nas festas que ajuda a promover, ela também apresenta o artesanato, a moda e a culinária maranhense. Oportunidade de se saborear pratos típicos como o arroz de cuxá, a torta de caranguejo e o bolo de tapioca.

 

O intuito de Onildes é o de “levar a continuidade do Tambor de Crioula para os jovens, estar juntos com o mestre e passar a importância do respeito aos mais velhos”. Segundo ela, os mestres, muito deles idosos, costumam ter pouco estudos, mas são ricos em ensinamentos. A agente cultural também acredita que esses eventos são um ato de resistência da cultura negra e ajudam a romper com preconceitos.

 

“Tem gente que primeiro passa aqui, escuta, acha que é uma coisa e descobre outra”, explica.

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br