Governo do Distrito Federal
10/02/22 às 13h26 - Atualizado em 11/02/22 às 10h31

Niemeyer reabre com 66 anos de Novacap

Texto: Ascom Secec/Edição: Sâmea Andrade (Ascom Secec)

10/2/2022

14:00:34

 

Ouça o resumo da notícia

 

 

O Espaço Oscar Niemeyer (EON), equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), reabre as suas portas ao público, nesta sexta-feira (11.2), para celebrar os 66 anos da Companhia Urbanizadora da Nova Capital completa em 2022. A exposição “Novacap, Construtora de Monumentos” percorre a linha do tempo do órgão cuja história se confunde com a gênese de Brasília.

 

“A Novacap tem sido fiel à sua concepção original: é uma empresa que nasceu para executar. Pois traz o gene de célebres engenheiros, arquitetos e urbanistas. Nas palavras poéticas de Cecília Meireles, os dois arquitetos que fizeram a capital (Niemeyer e Lúcio Costa) não pensaram em construir beleza, pois seria fácil demais. Eles ergueram o espanto deles, e deixaram o espanto inexplicado”, observa Fernando Leite, presidente da Novacap.

 

Foto de Hugo LiraFechado desde março de 2020, por conta do isolamento social exigido no enfrentamento à pandemia da Covid-19, o museu recebeu reformas para sua reabertura segura à população do Distrito Federal. Foram realizados reparos no telhado, que ainda estava no seguro da obra, pintura e troca de trilhos de iluminação.

 

“Reabrir esse espaço, com qualidade e segurança, celebrando a importância histórica da Nocavap, é um presente para a cidade e todos os cidadãos”, aponta o secretário Bartolomeu Rodrigues.

 

A Companhia, criada em 19 de setembro de 1956 pelo então presidente Juscelino Kubitschek, surgiu com a função de gerir a construção da capital num cronograma apertado.

 

“Essa exposição é uma bela síntese da história de Brasília. Primeiro porque foi a Novacap que transformou os traços ousados das pranchetas na Brasília real e modernista de que usufruímos hoje. Segundo, porque passaram pelos quadros da Companhia a elite cultural do país, como Oscar Niemeyer, Lúcio Costa, Athos Bulcão e Burle Marx, que produziram boa parte da beleza de nossa cidade”, afirma o subsecretário de Patrimônio Cultural, Aquiles Brayner.

 

 

A exposição terá objetos e maquinários históricos da empresa, registros funcionais de trabalhadores, plantas e maquetes. Felipe Ramón assina a curadoria da exposição com a gerente de acervo da Subsecretaria do Patrimônio Cultural (Supac), Aline Ferrari.

 

“A prioridade da exposição é retratar a Novacap em três tempos: como uma empresa orgulhosa do seu passado, mas também comprometida com o presente e o futuro da capital”, sintetiza o assessor especial da Secec, Felipe Ramón.

 

 

Foto de Hugo LiraA estrutura circular do Espaço Oscar Niemeyer – projetado pelo arquiteto de Brasília e inaugurado em 1989 – vai receber, na sua área de 40 metros de diâmetro, objetos utilizados na época da construção da capital (por exemplo, girica, teodolito, ferramentas, mesas de projeto entre outros), documentos históricos, contracheques de figuras ilustres, plantas de monumentos e a relação com o nome de todos os funcionários que trabalharam na Novacap durante a construção (1956-1960).

 

No prédio em estrutura curva, que abraça o circular, estarão abertas para visitação duas maquetes originais de Niemeyer. Uma parede receberá linha do tempo com fotos da construção. Outra parede vai expor comunicações institucionais da Novacap, onde constarão visão de futuro, missão e valores da empresa.

 

Na parte externa, estarão expostos maquinários grandes, como um fusca antigo da empresa, um trator rural histórico, entre outros equipamentos pesados.

 

O texto de parede da exposição, assinado pelo jornalista João Carlos Amador, informa aos visitantes que “a construção de Brasília só foi possível graças à visão, ao talento e à coragem de Juscelino Kubitschek, Oscar Niemeyer, Lucio Costa e todos os pioneiros e candangos que participaram dessa grande saga”.

 

Afirma ainda que “nada aconteceria sem o suporte da Companhia Urbanizadora da Nova Capital”. Ele destaca o “quarteto lendário” da empresa, referindo-se a seus primeiros diretores: Israel Pinheiro, Bernardo Sayão, Ernesto Silva e Íris Meinberg.

 

EXPOSIÇÃO “NOVACAP, CONSTRUTORA DE MONUMENTOS”

Sobre 66 anos da empresa que gerenciou construção de Brasília

Início: 11 de fevereiro

Espaço Oscar Niemeyer

Setor de Administração Federal, Praça dos Três Poderes, Bloco J

Fone: (61) 3443-6528

Horário de visitação: terça a sexta das 9h às 18h e sábados e domingos das 9 às 17h

E-mail: eon@cultura.df.gov.br

É necessário o uso de máscaras para visitação.

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br