Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
19/05/23 às 18h38 - Atualizado em 19/05/23 às 19h05

Museu de Arte de Brasília recebe maratona poética neste sábado

Texto: Giselle Chassot/Edição: Sâmea Andrade

 

Reza a lenda que Brasília respira política. Se a história é verdadeira, também deve ser a que diz que, no coração da cidade, há uma alma de poeta. Vários são os nomes que se consagraram na cidade. Entre eles, Anderson Braga Horta, o grande homenageado da Maratona Poética que vai reunir, neste sábado (20/05), quem produz, quem lê e quem ama poesia no Museu de Arte de Brasília (MAB).

Serão 12 horas de declamação – das 9 às 21 horas. O evento, inserido nas celebrações da semana dos Museus, é uma parceria entre a Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), por meio do MAB, o Sindicato dos Escritores do Distrito Federal (Sindescritores) e o Instituto Fazer o Bem.

 

 

 

Marcos Linhares (Sindescritores) e Marcelo Jorge (MAB)

O gerente do MAB, Marcelo Gonczarowska Jorge, comemora a experiência. “Este é um evento inédito no MAB, é a primeira vez que a instituição recebe algo parecido e nossa expectativa é a melhor possível”, diz.

 

O local abrirá especialmente para o evento. Quem comparecer, poderá adquirir livros no hall. Os poetas terão liberdade para também ocupar galeria e pilotis. “Todo o espaço poderá ser ocupado com muita poesia e esperamos mesmo que isso aconteça”, garante Marcelo, destacando que a palavra museu tem origem grega e remete a um local que seria a casa das musas. “A poesia tem mais de uma musa e durante muitos anos se falou em ut pictura poesis que em latim significa algo como na pintura, assim como o é na poesia. Ou seja, as relações entre museus, artes visuais e poesias são umbilicais, e a maratona vem tornar isso algo palpável”, comemora.

 

Marcos Linhares, presidente do Sindicato dos Escritores do Distrito Federal (Sindescritores), diz que a maratona é um convite a todos que amam a poesia. “Tragam poemas de autoria própria ou de escritores de que gostam para ler ou declamar com a gente”, convida.

O material será disponibilizado também no youtube do sindicato @sindescritoresdf7861 e pelo Facebook @Sindescritores. “Convidamos poetas de academias, de várias entidades, repentistas, pessoal das batalhas de rima… Afinal, precisaremos vencer 12 horas ininterruptas”, explica Linhares. “A oralidade vai mostrar o cheiro, a cor, a musicalidade que um poema traz. Será um momento de reencontro com o pulsar da poesia da capital do Brasil”, complementa.

 

O homenageado, Anderson Braga Horta, vive em Brasília desde 1960 e é autor de mais de 20 livros. Filho de poetas, começou a escrever aos 15 anos, sendo até o momento o único poeta da cidade a ganhar o Prêmio Jabuti na categoria Poesia (2001). Ele estará presente tanto na abertura quanto no encerramento.

 

 

Serviço:

Maratona Literária Anderson Braga Horta

Onde:

Museu de Arte de Brasília

Setor de Hotéis e Turismo Norte, entre a Concha Acústica e o Palácio da Alvorada.

Quando:

Neste sábado (20), entre 9 e 21 horas

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br