Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
21/06/23 às 15h56 - Atualizado em 31/07/23 às 13h13

MPDFT visita obras do Teatro Nacional

Texto: Lúcio Flávio. Edição: Alexandre Freire

Transparência, eficiência, comprometimento e segurança. São adjetivos que resumem a avaliação da visita de representantes do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) às obras da restauração da Sala Martins Pena do Teatro Nacional. O encontro, realizado na manhã desta quarta-feira (21), foi liderado pelo secretário de Cultura e Economia Criativa (Secec), Bartolomeu Rodrigues. Participaram da inspeção também o secretário adjunto da pasta, Carlos Alberto Jr, além do presidente da Novacap, Fernando Leite.

 

Na última segunda (19), um corpo técnico formado por membros do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) também esteve vistoriando os trabalhos no espaço. “É importantíssimo para todos nós, para a sociedade, sobretudo, que uma obra dessa magnitude seja observada, fiscalizada pelos órgãos competentes”, destaca o secretário. “Mostra o esforço do governo do DF em devolver esse equipamento que é não só um espaço importante da capital, mas um ícone da cultura nacional”, resume o secretário de Cultura.

 

Para o procurador Distrital dos Direitos do Cidadão, do MPDFT, Eduardo Sabo, os trabalhos de reforma da primeira fase do espaço seguem em ordem em todas as suas etapas. “Tem sido um trabalho conjunto da Secec e Novacap e podemos verificar, inclusive até analisando não só o cronograma físico e financeiro, mas a própria obra, que felizmente os trabalhos estão tendo uma atenção especial em todas as fases”, observa. “Principalmente, gostaria de deixar claro, nas questões de infraestrutura e de segurança que foram determinadas pelo Corpo de Bombeiro no que diz respeito a energia e água”, reforça.

 

 

Readequação física
Em janeiro de 2014, o Teatro Nacional Claudio Santoro foi fechado por recomendação do Corpo de Bombeiros e do Ministério Público, por não atender às normas de acessibilidade e segurança vigentes. A reforma da Sala Martins Pena teve início em dezembro de 2022 com a assinatura da ordem de serviço e de lá para cá as obras no local seguem em ritmo acelerado, com intervenções importantes de readequação física.

 

“Estamos de mangas arregaçadas e literalmente com as mãos na obra. Que os deuses da Cultura nos ajudem!”, enfatiza o secretário Bartô. “A Novacap se sente muito lisonjeada com a visita do doutor Eduardo Sabo à obra. Fazemos questão de mostrar para ele e para todos o bom andamento da reforma. Por mais que a atuação atualmente esteja na Sala Martins Pena, a infraestrutura básica da obra, onde residem as grandes pendências levantadas pelo Corpo de Bombeiros, está sendo feita e beneficiará todo o Teatro Nacional”, declara o presidente da Novacap, Fernando Leite.

 

Entre as novidades do projeto estão a construção de um reservatório de água para combate a incêndio, com capacidade para saídas de fuga e elevadores. “Ou seja, o espaço está sendo bem dotado de infraestrutura adequada, considerando que estamos no ano de 2023 e não na década de 60, quando essa obra foi edificada”, salienta o procurador do MPDFT.

 

Com investimento de R$ 49,7 milhões, a primeira fase da obra Teatro Nacional tem previsão de duração de 18 meses. No momento, a empresa responsável pelos serviços, a goiana Porto Belo Engenharia, já executou 12% das obras, contando com os serviços de cerca de 80 operários trabalhando no local direta ou indiretamente.

 

Os serviços que estão sendo realizados, atualmente, na parte interna do espaço são o tratamento das armações expostas, remoção do forro da área da plateia, montagem dos dutos de ar condicionado, montagem da estrutura metálica para construção de banheiros no Foyer. Na parte externa, a concretagem das paredes do reservatório de incêndio – uma estrutura de 202 metros quadrados que servirá de imensa caixa d’água – e início da fundação da sala do gerador.

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br