Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/04/21 às 22h23 - Atualizado em 27/04/21 às 16h02

Mesa Gira. Cultura e os Desafios Pós-pandemia (30.4, às 17h)

COMPARTILHAR

Sinopse: Os impactos da cultura durante a pandemia da Covid-19 geraram outras formas de fazer e de pensar a cadeia criativa?

Mediação: Sâmea Andrade (Assessoria de Comunicação)

Com Maestro Cláudio Cohen (Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro), João Moro (Subsecretaria de Fomento e Incentivo Cultural, Silvio Tendler (Estados Gerais da Cultura) e Guilherme Tavares (Favela Sounds).

 

Conheça a mesa:

 

Sâmea Andrade – Desde 2019, ocupa o cargo de assessora especial para assuntos internacionais na Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF, onde também coordena a Assessoria de Comunicação. Graduada em Comunicação Social pelo CEUB, atuou na área do turismo corporativo no início de sua vida profissional, tendo trabalhado nas companhias aéreas Varig e Air France. Fala inglês, francês e espanhol. Sempre interessada pela área internacional, decidiu mudar o rumo de sua carreira, aceitando oportunidade de trabalho na Embaixada da Tunísia em 2017.

 

Silvio Tendler – Um dos maiores documentaristas do país, foi o diretor artístico e curador do 53 Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, Comando o projeto online Estados Gerais da Cultura. É conhecido como “o cineasta dos vencidos” ou “o cineasta dos sonhos interrompidos” por abordar em seus filmes personalidades como Jango, JK e Carlos Marighella, dentre outros. Produziu e dirigiu mais de 70 filmes entre curtas, médias e longas-metragens em formato documental, além de 12 séries.

 

João Moro – Subsecretário de fomento e incentivo cultural é Mestre pela Universidade de Oxford em Políticas Públicas na América Latina, e é graduado em direito pela USP e relações internacionais pela PUC-SP. Trabalhou com leis de incentivo no Ministério do Esporte nos Jogos Olímpicos do Rio, além de ter experiência com direito administrativo e gestão pública.

 

Maestro Cláudio Cohen – É músico fundador e Maestro Titular da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, Cidadão Honorário de Brasília, Membro da Academia de Letras e Música do Brasil, participa de forma ativa no cenário musical do país e exterior tendo realizado turnês nas Américas, Europa, Ásia e Brasil. Laureado com  os  Prêmios Sharp de Música, Carlos Gomes, Tim de Música, Fundação Ok. Detentor da Ordem do Mérito Cultural do DF, Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, Ordem do Mérito Militar e do MPDFT.

 

Guilherme Tavares – Graduado em Comunicação pela UnB e mestrando em Economia pela UFRGS,  atua na produção cultural e no setor de comunicação desde 2009. É criador e diretor artístico da plataforma Favela Sounds. Também responde pela diretoria executiva da Um Nome Produção e Comunicação, fundada em 2011; e é diretor de Comunicação e Mobilização Social do Instituto SOMA Cidadania Criativa, fundado em 2018 para promover impacto social à partir da criatividade.

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br