Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/05/21 às 9h44 - Atualizado em 26/05/21 às 10h41

Em maio, OSTNCS traz Stravinsky e Santoro

COMPARTILHAR

Texto e edição: Ascom Secec

04/05/2021

10:00:20

 

Maio vem recheado de atrações no repertório gravado da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (OSTNCS), para transmissão em seu canal no YouTubeNesta terça-feira (4.5), às 20h, a programação começa com o “Concerto para Trombone e Orquestra”, do sueco Lars-Erik Larsson (1908 -1986), gravado em fevereiro de 2021 no Foyer da Sala Villa-Lobos.

 

O solista é um dos trombonistas da sinfônica da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), o professor Ricardo Pacheco. Ele explica que esse membro do naipe dos metais não era utilizado nos séculos 16 a 18 como instrumento solista.

 

“Essa participação era mínima ou quase inexistente. Mas ainda no século 18, compositores da corte vienense começaram a escrever obras para solos de trombone”, explica. 

 

“Fico muito feliz por poder participar como solista à frente da orquestra na temporada 2021. É realmente um prazer poder tocar à frente de uma das melhores orquestras do Brasil, com músicos de excelente nível”, diz o instrumentista, que começou a estudar trombone aos 15 anos na Universidade Livre de Música (ULM), em São Paulo. 

 

Orquestra em maio

 

O músico participou de diversos festivais pelo Brasil, atuou como professor substituto de trombone da Universidade Federal do Rio Janeiro e foi professor convidado no “Trombonanza” (maior festival de trombones da Argentina) em 2019. É doutorando em Interpretação na Universidade de Évora, Portugal.

 

REPERTÓRIO DE QUALIDADE

Na próxima semana, a OSTNCS reprisará a “Suíte Pulcinella”, de Ígor Fiódorovich Stravinsky (1882-1971), concerto gravado em 2017 no Cine Brasília. “Essa obra foi encomenda de Serge Diaghilev para a sua companhia de balé russo, e Stravinsky fez uma parceria com Pablo Picasso, que trabalhou no resgate de antigas aquarelas Italianas para o palco da ‘Commedia Dell’arte’ [vertente popular do teatro renascentista]”, aponta o maestro Cláudio Cohen.

 

O regente conta que, na música, o compositor se inspirou no estilo antigo de Giovani Batista Pergolesi, compositor do século 17. “O resultado foi uma obra vibrante e cheia de energia que vale conferir”, convida.

 

Orquestra em maio

José Evangelista

O solista no dia 18 também será do corpo sinfônico, o flautista José Evangelista, em performance gravada na Sala Villa-Lobos em 2011. O “Concerto para Flauta e Cordas em Ré Maior”, escrito por Leopold Hofmann (1738-1793), foi atribuído a Joseph Haydn (1732-1809) por mais de 200 anos, conta ele. 

 

“É possível que, à época da publicação, os editores achassem mais atrativo um concerto que levava o nome de Haydn do que de um compositor austríaco modesto cujo nome era menos divulgado. Entretanto, na década de 1930, um trabalho de doutorado reuniu provas suficientes da autoria do concerto como sendo mesmo de Hofmann. Até hoje, entretanto, há gravações que o atribuem apenas a Haydn”, explica.

 

“Tocar este concerto como solista foi marcante por se tratar de uma peça que utiliza o brilho do timbre da flauta, escrito em Ré Maior. Além disso, foi a primeira vez que experimentei tocar um concerto sem a partitura, tendo-o decorado. A liberdade que essa maneira de performance proporciona é inigualável”, relata o primeiro flautista da OSTNCS desde 1989. 

 

José Evangelista é mestrando em performance musical pela UnB, onde também se graduou em flauta em 1986. Ele mantém uma oficina de luteria de instrumentos de sopro.

 

Para finalizar o mês, a orquestra prestará uma homenagem ao patrono e fundador da OSTNCS, o maestro e compositor Claudio Santoro (1919-1989), com a obra “Canto de Amor e Paz”, para orquestra de cordas, em gravação realizada no Foyer do TNCS.

 

MAIO DA OSTNCS

 

04/05

Erik Larsson – “Concerto para Trombone e Orquestra”

Solista – Ricardo Pacheco

Foyer Sala Villa-Lobos 

Fevereiro 2021

Maestro Cláudio Cohen

 

11/05

Igor Stravinsky – “Suite Pulcinella” 

Cine Brasília 25/04/2017

Maestro Cláudio Cohen

 

18/05

J.Haydn/Leopold Hoffmann – “Concerto para Flauta e Orquestra” 

Sala Villa-Lobos 15/11/2011

Solista José Evangelista

Maestro Cláudio Cohen

 

25/05

Claudio Santoro – “Canto de Amor e Paz”

Foyer Sala Villa-Lobos 

Fevereiro 2021

Maestro Cláudio Cohen

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br