Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
22/03/23 às 11h59 - Atualizado em 27/03/23 às 16h41

Edital de Escolas de samba tem resultado final

Texto: Lúcio Flávio / Edição: Ascom Secec

 

Um passo importante foi dado para a realização dos desfiles das Escolas de Samba do Distrito Federal, encontro que acontecerá nos próximos dias 21 e 22 de abril, em pleno aniversário da capital, no Eixo Cultural Ibero-Americano. Foi publicado, no Diário Oficial do DF desta quarta-feira (22/3), o resultado definitivo do Edital Nº 2/2023, com os nomes das duas entidades que vão apoiar a realização do evento.

 

“O resultado do edital é mais um passo dado a caminho do retorno dos desfiles das escolas de samba no DF, que não acontecem desde 2015”, comenta a subsecretária de Difusão e Diversidade Cultural, Sol Montes. “Mais um passo dado na retomada da política de valorização do setor do carnaval tradicional ligado às escolas de samba”, complementa.

 

Confira o resultado final na íntegra com a pontuação de cada proponente.

 

O evento, parte das celebrações do aniversário de 63 anos de Brasília, vai contar com uma estrutura de pompa, à altura do retorno das 13 agremiações dos grupos especial e de acesso, retornando ao grande evento carnavalesco após ausência de quase de dez anos. Cada categoria recebeu duas propostas, que foram analisadas por comissão de seleção formada por servidores da Secec e membros da sociedade civil, designados pela Portaria N° 21/2023.

 

Na categoria A, a organização selecionada em caráter definitivo para a apoiar as ações de planejamento, concepção e confecção de fantasias e adereços para os desfiles das escolas de samba foi a União das Escolas de Samba de Brasília, a UNIESB. A entidade contará com recursos de R$ 4,01 milhões para a realização das ações.

 

Já na categoria B, o Instituto Candango de Política Social e Economia Criativa, o ICPEC, contará com recurso de R$ 2,99 milhões para a organização, produção e estruturação dos desfiles na avenida que será montada no Eixo Cultural Ibero-americano. O sambódromo brasiliense receberá o nome do sambista Marcelo Sena, vocalista do grupo Coisa Nossa, falecido em janeiro deste ano.

 

O certame entra agora na etapa de habilitação, em que as entidades selecionadas deverão encaminhar, em até cinco dias úteis, a documentação exigida no item 10 do edital.

 

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br