Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/07/21 às 13h57 - Atualizado em 23/07/21 às 12h09

Edital da Cultura FM é prorrogado até 26.7

COMPARTILHAR

Texto: Alexandre Freire / Edição: Sérgio Maggio (Ascom Secec)

16/7/2021

14:00:22

 

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa prorrogou, nesta sexta-feira (16.7), a retificação do edital 15/2021, que selecionará serviço voluntário para produção e apresentação de programas radiofônicos Cultura FM – 100,9. Agora, os proponentes têm até o dia 26.7 para executar a inscrição das propostas.

 

Além disso, a Comissão de Seleção do Edital decidiu exigir para a inscrição apenas a solicitação do pedido do Cadastro de Entes Agentes Culturais (CEAC) para aqueles proponentes que ainda não possuem validação nesse cadastro, exigência do edital.

 

Os projetos de conteúdo para a 100.9, com entre cinco a 10 minutos de duração (como uma amostra apenas para avaliação), devem ser entregues gravados em mídia digital ou por link na internet, com todas as informações exigidas pelo edital para 7.4  o e-mail radioculturafm100.9@gmail.com.

 

O resultado provisório está previsto para 9 de agosto, com selecionados tendo entre 16 e 20 daquele mês para assinar com o Termo de Adesão com a rádio.

 

Ouça a Rádio Cultura FM (Play)

 

As pessoas selecionadas não serão remuneradas pela produção, apresentação ou transmissão do programa, nem por custos referentes a transporte, alimentação ou outros valores indiretos relativos à produção e à execução dos programas.

 

Confira o edital

Edital Rádio Cultura – Retificação

Edital 15

 

“Esse edital é uma das possibilidades de ampliar a diversidade da programação da rádio Cultura. A outra maneira é por meio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC)”, explica o diretor da emissora pública, Walter Silveira, em referência à rubrica que o FAC dedica a esse fim. “Nós queremos aproveitar o máximo das propostas para composição de uma grade plural”, adianta.

 

DIVERSIDADE É A TÔNICA

Arquivo Pessoal

Walter, diretor da Rádio Cultura

As propostas serão avaliadas, segundo o edital, com base na valorização da diversidade cultural, na promoção da acessibilidade e na inclusão social e levará em conta objetivos da Lei Orgânica da Cultura (LOC, Lei Complementar nº 934, de 2017), que devem ser os eixos dos programas da Cultura FM.

 

A pontuação das propostas tem como critérios a promoção dos direitos humanos, o combate a desigualdades e discriminações de qualquer natureza, a defesa da igualdade étnico-racial, com respeito e valorização das expressões culturais de povos e comunidades tradicionais, a visibilidade para grupos socialmente vulneráveis e leva em conta pautas que promovam a diversidade cultural.

 

São bem-vindas as discussões de gênero, o incentivo à integração dos interesses econômicos e culturais e o estímulo ao desenvolvimento da economia criativa. Outros dois pontos considerados importantes são a originalidade das propostas e a valorização da produção artística e cultural de todas as Regiões Administrativas do DF.

 

Silveira diz que “a moçada do DF ouve a nossa rádio pelo fato de trazermos uma programação musical alternativa, buscando valorizar a cultura do DF”. O cardápio contempla hip hop, samba, choro, rock, blues, reggae, música de raiz negra e caipira. “A transmissão via web ampliou nossa audiência jovem. Hoje, dentro do projeto de revitalização da rádio, atingimos todo o quadrilátero e entorno”, informa.

 

“A rádio que toca Brasília”, como apregoa uma das assinaturas da emissora, aposta no binômio informação de qualidade e programação plural para ganhar espaço da concorrência. “Queremos ocupar um lugar de destaque, totalmente identificado com a diversidade cultural do DF”. Para isso, entende ele, a colaboração do público é estratégica.

 

Dúvidas do edital: radioculturafm100.9@gmail.com ou (61) 3443-1545.

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br