Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/01/22 às 9h59 - Atualizado em 8/02/22 às 11h41

Reforma do Complexo de Samambaia é concluída

Texto: Ianca Gomes. Edição: Sâmea Andrade (Ascom/Secec)

27/1/2022

09:40:10                                                                                                                            

 

Ouça o resumo da notícia:

 

O Complexo Cultural Samambaia (CCS) reabre suas portas com novidades, tanto na programação cultural quanto em melhorias estruturais. O equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec) recebe atenção especial para a retomada das atividades, simbolizada com realização de um curso de verão de balé para crianças de quatro a 11 anos.

 

Com aporte no valor de R$ 255.369,00, o Complexo recebeu a reforma do piso da sala de dança e ainda conclui reforços na edificação. Coordenador do projeto “Brasília, Cidade Patrimônio”, o secretário de Cultura e Economia Criativa em exercício, Carlos Alberto Jr, desenhou uma ação conjunta de melhorias nos principais equipamentos da Secec.

 

“Não paramos de trabalhar um só dia. Um reflexo do movimento que tomou conta do governo Ibaneis Rocha, com mais de 1.400 obras em andamento. A ideia era mostrar à sociedade o alcance e o zelo da Secec com as joias patrimoniais do DF”, aponta.

 

 

Ponto de cultura local, a reabertura do Complexo Cultural Samambaia foi uma grande reivindicação da população da cidade e está acontecendo de modo progressivo, com atividades que garantam a segurança dos usuários. Atenta aos detalhes, a gerente do equipamento, Suellen Sousa destaca os espaços que já foram concluídos.

 

“Ainda há muito para fazer, mas já estamos muito felizes com os resultados e por podermos reabrir o espaço para a comunidade”, comemora a gestora. Suellen salientou que a limpeza e manutenção da lona do teatro são os próximos reparos prioritários para o espaço.

 

Com materiais de alta tecnologia, as salas de dança e teatro ganharam piso vinílico, novos espelhos e pintura. Para conter as infiltrações causadas pelo tempo chuvoso, o prédio foi completamente impermeabilizado e também contou com a reforma do telhado. Para garantir a segurança, o espaço ganhou portas reforçadas.

 

CULTURA PARA A COMUNIDADE

Inaugurado em dezembro de 2018, o Complexo Cultural Samambaia, localizado no coração da cidade, virou palco de manifestações legítimas dos fazedores de cultura da cidade, além de um espaço de conhecimento, esperança e criatividade.

 

Implementado na reabertura do CCS, o projeto de dança faz parte da primeira etapa de ocupação de 2019, sob a coordenação do Imaginário Cultural, cujas atividades foram interrompidas por conta da pandemia.

 

Oferecido a preços populares, o curso iniciado em 10 de janeiro ainda contou com bolsas para alunos de baixa renda, constituindo, assim, uma oportunidade de democratização do balé para crianças da comunidade. Com vagas limitadas, as turmas seguem até o dia 28 de janeiro para crianças de 4 a 12 anos já matriculadas, com turnos reduzidos, em consideração aos protocolos de combate à pandemia.

 

Karitiana Teixeira, responsável pelo curso, professora de balé e dançarina da modalidade clássica foi moradora de Samambaia e expõe que sempre foi uma vontade trazer o balé para a sua comunidade. Ela considera que o balé segue sendo uma atividade crescente na população e com muitas oportunidades de imersão cultural. “O Complexo Cultural ganha destaque por contribuir para que a prática da música erudita favoreça o desenvolvimento, inclusão social e triunfo das crianças e adolescentes da cidade de Samambaia”, destaca a bailarina.

 

Morador de Samambaia e pai das alunas da turma de “Baby Class”, Maria Flor (6 anos) e Pétala (3 anos), o autônomo Demerson Rocha (40) conta que suas sobrinhas já participavam do projeto desde a última edição, antes da pandemia. O pai destaca que a ideia de promover aulas neste espaço é ótima, para facilitar o acesso das crianças à cultura.  “Ficamos sabendo do retorno do curso e resolvemos colocá-las novamente. Todos os dias, às 6 horas da manhã, já estamos todos de pé, correndo para a aula de balé”, arrematou.

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Ascom/Secec)

E-mail: comunicacao@cultura.df.gov.br