Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/05/20 às 16h52 - Atualizado em 6/05/20 às 21h54

Complexo Cultural de Planaltina relembra no Instagram atividades nos 19 meses de existência

COMPARTILHAR

Na reabertura do espaço, usuários e comunidade vão encontrar local com nova sinalização

 

O Complexo Cultural de Planaltina está usando o Instagram para lembrar as principais atividades culturais realizadas no espaço desde a sua inauguração em 2018. Em apenas 19 meses, o local já recebeu manifestações artísticas diversas como música, teatro, poesia e dança.

 

Com postagens em cinco formas de arte – música, teatro e dança, Rap (Rhythm and poetry), e cinema –, o CCP quer manter viva a ideia “complexo em movimento” durante o período de isolamento social em razão da pandemia do coronavírus, explica o gerente do equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), Júnior Ribeiro.

 

Uma primeira fase da mesma iniciativa, batizada de “Complexo em Movimento, uma Retrospectiva em Isolamento”, já havia ocorrido entre final de março e início de abril, também no perfil social do CCP, movimentando a comunidade de artistas da região com o convite de registrarem depoimentos sobre três momentos marcantes que levaram ao início das obras do equipamento em 2016.

 

A analista de atividades culturais e pedagoga da Secec Rayane Cristina Chagas Silva, lotada no CCP, diz “a repercussão tá bem legal! Os artistas e coletivos estão comentando e compartilhando as nossas publicações”.

 

As postagens contemplam sempre três formas de “linguagem”, como ela prefere chamar os diferentes gêneros de manifestação artística. Na música, os posts lembraram as passagens pelo CCP de Dona Gracinha da Sanfona, O Tarot e do ator sertanejo Jackson Antunes”.

 

O teatro recuperou as participações da peça “Tsunami”, de Jonathan Andrade, “O Grito”, de Núbia Santana e “Auto da Lapinha”, com direção de Edivando Cândido. Os representantes da dança – “Transições, Companhia de Dança e Artes”, “Projeto Integrado Meninos do Vale” e uma oficina de dança contemporânea – foram escolhidos pelas participações no Dia Internacional da Dança, em abril de 2019.

 

Desde a inauguração, o espaço já recebeu o “Festival Parque Sucupira de Música Popular Brasileira”, a “Iª Mostra de Dança de Planaltina”, a “Descentralização do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro” e o “Encontro de Folias de Reis do Distrito Federal” e muitos outros eventos.

 

Júnior Ribeiro explica que “a retrospectiva é uma forma de mostrar que mesmo fechado, o espaço permanece vivo. As atividades que ocorreram desde a inauguração são a prova da importância do CCP para a cidade de Planaltina”. Ele argumenta ainda que a iniciativa “deixa viva na memória afetiva das pessoas que acompanham as redes sociais do CCP, as atividades, as produções, e os artistas que já contribuíram para o fomento cultural e para a formação do espaço com um polo artístico e cultural”.

 

Sinalização
Seguindo os protocolos de segurança para evitar contaminação de dois trabalhadores envolvidos, foi concluída ontem (5) a instalação de quatro placas, dois totens fixos em concreto (um no estacionamento e um na entrada de pedestre) e um totem de 2,30 de altura, fixo, com iluminação interna na área externa do CCP (acesso à avenida principal), todos com base de aço e revestimento de acrílico adesivado.

 

O gerente lembra que o melhoramento é para o fim da pandemia: “As pessoas sempre confundiam o prédio com outros espaços. A sinalização possibilitará que, além da comunidade cultural que já o frequenta, outras pessoas conheçam o Complexo Cultural de Planaltina e suas funções”.

 

Serviço
https://www.instagram.com/ccplanaltina/