Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/06/18 às 18h20 - Atualizado em 13/11/18 às 15h07

Brasília Junina inicia circuito de festejos em sete regiões administrativas

COMPARTILHAR

 

Programação contempla apresentações de 40 quadrilhas juninas e 15 trios de forró

 

Salve, povo junino! Hora de gomar as roupas, tirar o chapéu do armário e preparar bem o coração, porque neste fim de semana começam os arraiás do Circuito Brasília Junina 2018, realizado pela Secretaria de Cultura em parceria com a Associação Imaginário Cultural. A maratona de festejos inicia nesta sexta-feira (15) e vai até o dia 29 de julho, passando por sete localidades do Distrito Federal e Região Integrada de Desenvolvimento Econômico (Ride).

 

Ceilândia é a primeira região administrativa a receber o circuito nos dias 15, 16 e 17 de junho, na Praça do Trabalhador. A programação circulará pelo Paranoá, Sobradinho, São Sebastião, Taguatinga, Samambaia e Águas Lindas de Goiás. As atrações contemplam 40 quadrilhas juninas, 15 trios de forró e apoio aos festejos juninos tradicionais do DF e Ride. Os artistas serão selecionadas por meio de edital de chamamento público.

 

Em cada cidade que recebe o circuito é montada a Arena Brasília Junina. A estrutura abriga artistas e público com área para apresentações de dança e música, praça de alimentação com comidas típicas e espaço para expositores de artesanato.

 

Ao todo, o investimento público este ano na realização do Brasília Junina totaliza R$1,8 milhão. Este é o terceiro ano que a Secretaria de Cultura realiza o Circuito Brasília Junina, com o objetivo de mapear, valorizar e fomentar a cadeia produtiva dos grupos que promovem a tradição dos festejos juninos, expressões tradicionais da cultura popular brasileira.  

 

Pela primeira vez, toda a organização do circuito está sendo feita em conjunto com uma organização da sociedade civil, selecionada por meio de chamamento público: a Associação Imaginário Cultural. Esse modelo, que permite fortalecer a participação da comunidade na execução de políticas públicas,  segue as diretrizes do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC) e os princípios da Lei Orgânica de Cultura do DF (LOC).

 

 

 

 

 

 

 

 

Política Distrital 

O Circuito Brasília Junina vem crescendo ano após ano. Da primeira para a segunda edição, o número de grupos participantes quase dobrou, passando de 27 para 40.

 

Seguindo as diretrizes estabelecidas pela Política Distrital Brasília Junina lançada em 2017 (Decreto nº 38.385, de 1º de agosto de 2017), este ano, o Brasília Junina vai incluir também atividades tradicionais que já ocorrem nas Regiões Administrativas. O objetivo é apoiar iniciativas conhecidas da população e democratizar o acesso aos meios de produção, circulação e fruição artístico-culturais relacionados aos festejos juninos.

 

Além do Brasília Junina, a dinâmica de parceria entre poder público e sociedade civil na área da cultura já vem sendo aplicada com sucesso, desde o ano passado, na gestão de outras políticas públicas, como o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, e de espaços culturais, a exemplo do Centro de Dança do DF e Memorial dos Povos Indígenas.