Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/05/12 às 3h00 - Atualizado em 13/11/18 às 14h37

Seplan participa de evento de investimentos no Rio de Janeiro

COMPARTILHAR

O subsecretário de Captação de Recursos da Secretaria de Planejamento e Orçamento (Seplan), Genésio Vicente, acompanhado dos coordenadores de Articulação e Captação de Recursos junto a organismos internacionais e nacionais, Guilherme Botelho e Sadi Peres Martins, participaram nesta segunda e terça-feira (21 e 22 de maio) do Rio Investors Day, na cidade do Rio de Janeiro.

O evento reúne importantes executivos das principais empresas de capital aberto do país e do exterior, representantes dos governos federal, estaduais e municipais, assim como investidores de entidades nacionais e internacionais.

Para Genésio Vicente, a participação do Governo do Distrito Federal (GDF) no Rio Investors Day, por meio da Subsecretaria de Captação de Recursos (Sucap), visa utilizar o processo de benchmarking, ou seja, a busca das melhores práticas, por meio de comparação de desempenho entre dois ou mais sistemas, para posterior adequação, aplicação e aperfeiçoamento. “O objetivo de nossa participação é conhecer o modelo utilizado pela cidade do Rio de Janeiro para atrair investimentos nacionais e internacionais”, ressalta Vicente.

A secretária municipal de Fazenda, Eduarda La Rocque, explica que o Rio de Janeiro voltou a ser um polo seguro de negócios. “Em 2011, fomos elevados ao nível de classificação de risco da União, o investment grade (classificação de crédito de uma entidade), pelas agências Fitch e Moody’s. Esta segunda edição do Rio Investors Day 2012 já incluiu a cidade no calendário financeiro global”, comemora La Rocque.

Além da programação normal do evento, os representantes da Seplan também participaram de reuniões com a Agência de Promoção de Investimentos do Rio de Janeiro – Rio Negócios, e a Agência de Fomentos do Estado do Rio de Janeiro – Investe Rio.

A palestra de encerramento do Rio Investors Day está sob a responsabilidade do ambientalista Thomas Heller, ganhador do Prêmio Nobel da Paz, edição 2007. As iniciativas sustentáveis também têm sido fator importante nas decisões de governos e de empresas nacionais e internacionais.

Fonte: Seplan/DF