Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/04/19 às 18h01 - Atualizado em 14/04/19 às 18h07

Segundo dia do Mercado Território Mercado Criativo discute inovação

COMPARTILHAR

A segunda edição do Mercado Território Criativo, que acontece no Espaço Cultural Renato Russo 508 Sul, discutiu neste sábado experiências entre empreendedores da economia criativa do Distrito Federal. Entre os dias 12 e 14 de abril o evento, realizado pela Secretaria de Cultura do Distrito Federal e pelo Instituto Bem Cultural promove um ambiente de integração, geração de negócios e trocas de experiências entre empreendedores.

 

Neste sábado o ciclo de debates Desconferências: Urbanidades Criativas discutiu sobre experiências de ocupação criativa da cidade com os convidados Heloísa Rocha, do Ossobuco, iniciativa que promove palestras com convidados que interessam à comunidade candanga, Luiz Sarmento do Ações Urbanas Comunitárias, Daniela Rueda do Mercado Sul, Natália Magaldi do Coletivo MOB e Max Maciel do Coletivo Ruas e Jovem de Expressão.

 

Cada convidado falou um pouco sobre o papel do poder público, dos profissionais, e da comunidade acadêmica no processo de construção de uma cidade mais democrática e apresentaram experiências de resistência na ocupação da cidade que desenvolvem atividades no campo da economia criativa.

 

Daniela Rueda apresentou a experiencia de ocupação do Mercado Sul, em Taguatinga, enquanto Natália Magaldi apresentou a experiência do coletivo Movimente e Ocupe seu Bairro  , que realiza intervenções urbanas, ações educativas,  e desenvolve projetos que visem a melhoria dos espaços públicos e da vida comum na cidade.

 

Seguindo a programação o Painel de Tendências: Possibilidades para o Design Gráfico recebeu o designer e professor universitário Fábio Mestriner que abordou as novas tendências de criação e produção de bens e serviços criativos, com foco em design gráfico. Em sua fala focou nas possibilidades de atuação destes profissionais, e apresentou experiências de enfrentamento do que hoje é o grande pavor da sociedade moderna, o desemprego.”Temos no Brasil um mercado interno fabuloso de 210 milhões de pessoas. Aqui mais de 85% dos alimentos são embalados, e esse é dos mercados em crescimento para os designers”, avalia.

 

O Mercado Território Criativo é uma ação que busca integrar e promover negócios nos setores da música, moda, design, audiovisual, literatura, gastronomia, turismo, tecnologia, arquitetura, cultura, entre outros. O objetivo é possibilitar que os agentes da economia criativa local se conectem e apresentem seus produtos e serviços para potenciais compradores.

 

Saiba mais: https://www.mercadotc.com.br

Leia também...