Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/06/19 às 18h39 - Atualizado em 4/06/19 às 18h39

Secretário de Cultura e Economia Criativa recebe representantes sindicais

COMPARTILHAR

O Secretário de Cultura e Economia Criativa (Secec), Adão Cândido, recebeu nesta terça-feira (04) membros do Sindicato dos Servidores Públicos Civis da Administração Direta, Autarquias, Fundações e Tribunal de Contas do Distrito Federal – Sindireta. Na pauta do encontro, a pauta de reivindicações para o ano de 2019 e discutir as carreiras dos servidores da Secec.

 

Representando o sindicato, estavam presentes os diretores Ibraim Youssef, Márcio Paiva, Ubirajara Júnior, Josinaldo Pereira e Luiz Gonzaga de Negreiros. O encontrou também contou com a presença de servidores da Secec, além do secretário-executivo Cristiano Vasconcelos e o chefe de gabinete, Carlos Alberto Júnior.

 

A entidade de classe solicitou que a Secretaria apresente um proposta para garantir 50% de cargos comissionados aos servidores efetivos, a isonomia salarial e que cobre o cumprimento do pagamento da terceira parcela do reajuste ao Governo do Distrito Federal. Os representantes do sindicato também falaram sobre a reestruturação da Secretaria e como ela poderia acarretar na carreira dos trabalhadores públicos no aspecto de gratificações e atribuições para cada perfil de servidor da Casa.

 

Para Adão Cândido, estabelecer um diálogo transparente com a entidade é de suma importância, inclusive para gerar o entendimento das medidas tomadas até o momento. Ele ressaltou que a reestruturação e a mudança para a Biblioteca Nacional de Brasília foram medidas tomadas pela atual gestão, com o objetivo de gerar economia e trazer mais conforto aos servidores, o que tem impacto direto na carreira da Cultura do DF.

 

Cândido expôs as medidas econômicas aos membros da entidade e servidores presentes, além de sugerir que fosse criada uma pauta unificada dos trabalhadores com a Secec, sendo encaminhada à Secretaria de Estado de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão do DF, com as reais possibilidades de soluções sobre os pleitos de carreira dos servidores. “Sugiro unir as argumentativas da Secec e do sindicato em um único documento e após preparar um debate com flexibilidade para o Planejamento”, argumentou.

 

Na oportunidade, as partes estabeleceram a criação de um Grupo de Trabalho que vai debater e criar a pauta unificada que será encaminhada para a Secretaria de Fazenda e Planejamento.

Leia também...