Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/08/17 às 14h31 - Atualizado em 13/11/18 às 15h07

Secretaria de Cultura participa do CoMA

COMPARTILHAR

Representantes da pasta debatem políticas para setor da música em painéis do evento

A cadeia produtiva da música no Distrito Federal tem se mantido uma das maiores forças da economia criativa na região. Berço artístico de inúmeros talentos de alcance nacional e internacional, Brasília estará de 4 a 6 de agosto dedicada a pensar os negócios da música, a sustentabilidade e as novas perspectivas para o setor em uma série de painéis e debates do Festival CoMA, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, Planetário e Funarte.

A Secretaria de Cultura do Distrito Federal integra as atividades do evento em diálogos com agentes e gestores culturais, mobilizadores, imprensa, academia e demais profissionais que integram o universo da produção musical. Isso tudo acompanhado de uma rica programação de shows das mais variadas vertentes, apoiadas por meio da Lei de Incentivo à Cultura (LIC).

Na abertura, às 15h de sexta (4), o CoMA abre também o Congresso Ciclos, que irá discutir a sustentabilidade nos negócios culturais. A mesa conta com participação do secretário de Cultura, Guilherme Reis; o secretário de Turismo, Jaime Recena; o presidente da Câmara Legislativa do DF, deputado Joe Valle; o deputado Cláudio Abrantes; e o representante do CoMA, Diego Marx.

“Esta é uma oportunidade maravilhosa para olharmos a música para além da produção artística e com ênfase nos negócios que podemos gerar a partir de um pensamento mais profissional, baseado em inovação e em políticas públicas estruturantes”, diz o secretário de Cultura.

No sábado, às 13h, o subsecretário de Fomento e Incentivo Cultural, Thiago Rocha, conduz uma conversa sobre as políticas públicas de cooperação para o setor da música, a partir de sua experiência à frente do Funcultura de Pernambuco, e do gerenciamento do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) e da Lei de Incentivo à Cultura (LIC), no DF.

Em seguida, às 15h, a Secretaria de Cultura promove workshop do programa Conexão Cultura DF, cujos editais têm fomentado e permitido a participação de delegações de artistas e produtores locais em algumas das principais feiras e mercados do mundo. Na ocasião, alguns delegados selecionados pela pasta para participar de eventos como jazzahead! e Midem vão trocar experiências e falar sobre boas práticas para participação.

A linha #Negócios do conexãoo Cultura DF compõe as ações do Programa de Promoção, Difusão e Intercâmbio Cultural da secretaria, que fortalece difusão nacional e internacional dos empreendedores criativos do Distrito Federal. “Queremos reforçar a política de circulação e distribuição dos produtos culturais e artísticos produzidos no Distrito Federal”, define a subsecretária de Políticas de Desenvolvimento e Promoção Cultural, Mariana Soares.

Segundo ela, que participa de painel sobre este tema no domingo, às 13h, o apoio está mais concentrado na criação e produção cultural. “Isso gera grande oferta de peças, publicações e shows de qualidade, mas que precisam de mais estímulo para circular e projetar a imagem de Brasília no Brasil e no exterior”, diz.

Em sua participação no CoMA, Mariana Soares divide a mesa com Leandro Ribeiro da Silva (BMA) e André Limp (APEX).

Confira aqui a programação completa de painéis, palestras, debates e shows do Festival CoMA