Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/07/20 às 9h47 - Atualizado em 3/07/20 às 11h03

SECEC vai pagar quase R$ 6 milhões a agentes culturais em julho

COMPARTILHAR

 

 

Os recursos são destinados aos segmentos de teatro, dança, sarau, ações educativas, poesia, fotografia e feiras, dentre outros

 

Responsável pelo fomento das atividades culturais e artísticas do Distrito Federal, o Fundo de Apoio à Cultura (FAC), da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (SECEC), concluiu neste mês os procedimentos para pagamento de aproximadamente R$ 6 milhões correspondentes aos editais Áreas Culturais, de 2018, e Ocupação, de 2019.

 

O Edital FAC Áreas Culturais, lançado em outubro de 2018 e retomado em janeiro de 2019, vai beneficiar atividades como teatro, dança, sarau, ações educativas, poesia, fotografia e feiras, investindo mais de R$ 22 milhões no setor. Já o FAC Ocupação, com publicação do edital em abril de 2019, tem o intuito de valorizar os equipamentos da SECEC em todo o Distrito Federal, promovendo a difusão cultural, e vai aportar mais de R$ 7 milhões em recursos no total.

 

O objetivo da SECEC, segundo o titular da pasta, Bartolomeu Rodrigues, é dar a maior celeridade possível ao andamento dos certames, para garantir que o recurso chegue aos agentes culturais o quanto antes, no momento em que o setor é um dos mais afetados pela pandemia da Covid-19. “Estamos seguindo rigorosamente o espírito da Lei Orgânica da Cultura, na prática um dos maiores mecanismos de fomento do país, democratizando os recursos e tornando-os mais acessíveis a novos agentes culturais”, disse.

 

De acordo com o subsecretário de Fomento e Incentivo à Cultura (Sufic), João Moro, a avaliação dos projetos contou com esforço concentrado dos servidores para trazer soluções criativas aos artistas. “Temos trabalhado arduamente para pagar todos os editais, em especial aqueles mais antigos, mas respeitando os prazos legais de tramitação”, explicou.

 

O Distrito Federal é a unidade da federação que mais investiu no segmento cultural no período de isolamento social, com recursos de mais de R$ 4 milhões, distribuídos entre editais do FAC e termos de fomento. O FAC Apresentações On-line e o Prêmios Brasília 60, resultado do Programa Conecta Cultura, já estão em etapa de análise de mérito cultural. A mobilização da equipe da SECEC, que atua sob o regime de teletrabalho, visa a garantir que esses editais iniciem seus pagamentos nos próximos meses.