Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/08/19 às 18h55 - Atualizado em 20/08/19 às 18h55

Secec faz parceria com a Câmara dos Deputados para publicar a “Bibliografia Brasília”

COMPARTILHAR

O subsecretário do Patrimônio Cultural da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), Cristian Brayner, anunciou hoje (20) acordo com as Edições Câmara para a publicação da “Bibliografia Brasília”. A obra inédita vai reunir toda a produção intelectual sobre a capital federal encontrada em livros, artigos, jornais e revistas, teses e dissertações de todo o mundo. Para isso, foi realizada uma pesquisa em 28 bibliotecas e bancos de dados – 12 internacionais e 16 nacionais – conduzida por consultoria contratada em cooperação com a Unesco. Fontes localizadas em outros centros de pesquisas e bibliotecas do Brasil e do exterior foram incorporadas.

A reunião com a 1ª secretária da Mesa da Câmara, Soraya Santos (PL-RJ) foi para mostrar o miolo da obra para a equipe da Editora, uma vez que o projeto já tinha sido apresentado à parlamentar. Com a celebração da parceria, a Secec fica responsável pela entrega dos originais coletados pela consultoria. A partir daí, fica a cargo da Edições Câmara o tratamento, a diagramação e a publicação do material.

A expectativa de Brayner é que a obra contenha cerca de dez mil fontes, abarcando um amplo leque de assuntos envolvendo o Distrito Federal. A “Bibliografia Brasília” será disponibilizada em dois volumes, nas versões analógica e digital. “Essa publicação, fruto de uma parceria, garantirá aos brasileiros e estrangeiros conhecerem a beleza de nossa terra, a diversidade de nossa gente e os desafios que enfrentamos”, completa.

“Esta pesquisa fecha uma lacuna que se arrastava com a aparente despreocupação em se ter um levantamento exaustivo sobre o que já se publicou sobre Brasília e o DF no país e no exterior”, avalia o gestor. Segundo ele, a publicação, que será lançada no aniversário de 60 anos da capital em 2020, tem suscitado interesse entre brasilianistas.

O subsecretário disse ainda que a coleção, longe de se restringir a assuntos ou personagens vinculados ao perímetro tombado do Plano Piloto, vai abarcar todas as Regiões Administrativas, com suas particularidades. “Nascidos ou por adoção, somos todos de Brasília. Por isso, ninguém, independentemente de onde more ou trabalhe estará fora das páginas da Bibliografia”, conclui.