Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/06/13 às 19h13 - Atualizado em 13/11/18 às 14h38

Sambistas declaram apoio às políticas culturais da SeCult

COMPARTILHAR

Representantes de 14 grupos de samba do DF se reuniram com o subsecretário de Políticas e Promoções Culturais, Dorival Brandão, na tarde desta terça-feira, 4, na Secretaria de Cultura (SeCult). Durante o encontro, os artistas manifestaram apoio ao trabalho desenvolvido pelo órgão em favor do segmento musical.

“O samba é um ritmo de grande apelo e do gosto da população. É importante receber o apoio do movimento, pois aquilo que estamos fazendo como política pública está chegando às bases”, ressaltou Dorival Brandão.


Durante a reunião, o subsecretário lembrou que os grupos de samba geram empregos e contribuem diretamente na formação de cidadania e que a SeCult e o movimento do samba são parceiros.


“Só neste ano tivemos mais de 45 apresentações de bandas de samba no Distrito Federal, além do carnaval, réveillon e do aniversário da cidade”, reconheceu Geomar Leite, “Pará”, presidente da União das Escolas de Samba e Blocos de Enredo de Brasília (Uniesb).


O subsecretário informou que a SeCult implantará, em breve, um novo sistema para contratação artística. O objetivo é dar transparência e democratizar o acesso aos recursos públicos por artistas consagrados e iniciantes que também poderão se cadastrar.


Participaram da reunião os grupos Luciano Ibiapina e Banda; Banda Coisa Nossa; Luz de Samba; Amor Maior; Dhi Ribeiro e Banda; Papel Marchê; Samba Direito; Só de Pirraça; Banda Imagem; Bateria Nota Show; União das Escolas de Samba e Blocos de Enredo de Brasília (Uniesb); Sem Distinção; Di Propósito; e, Os Crioulos.