Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/06/19 às 18h19 - Atualizado em 14/06/19 às 11h16

Propostas para fomentar o audiovisual no DF são apresentadas em Los Angeles

COMPARTILHAR

O secretário de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal Adão Cândido apresentou nesta quinta-feira (13) em Los Angeles os planos para o setor audiovisual local. Ele participa até amanhã (14) do seminário Producing Film/TV in Brazil and U.S., iniciativa da Brazil California Chamber of Commerce.

 

Para uma plateia de grandes produtores e representantes da indústria cinematográfica norte-americana, Cândido participou da mesa “Production Incentives in Brazil”, que discutiu o incentivo fiscal para as produções de televisão e cinema. Segundo ele, para atrair investimentos é importante ter um plano de ações bem definido, e falou sobre o projeto do Governo do DF para o novo parque audiovisual da capital, um grande polo de produção e inovação que deve abrigar estúdios, emissoras de televisão, desenvolvedoras de games e atividades de tecnologia no centro da cidade. “A ideia é criar um cluster de desenvolvimento, para impulsionar a indústria e a economia criativa do Distrito Federal”, disse.

 

A proposta, segundo ele, se assemelha ao conceito de bairro criativo já consolidado em locais como Londres, Miami e a vizinha Buenos Aires. “Vamos reunir uma série de atividades em um espaço que fomente e valorize a produção local”, pontuou. Ele também destacou que um dos objetivos do polo, que será construído no Setor de Clubes Esportivos Sul, é promover capacitação, ampliando o mercado de trabalho.

 

Em sua exposição, Adão Cândido também apresentou as novas oportunidades de investimento do setor audiovisual no Distrito Federal, com novos mecanismos de incentivo fiscal. Ele informou que o GDF estuda a implementação de uma nova matriz tributária com tax rebate, a fim de atrair produções e co-produções para a capital.

 

A iniciativa chamou atenção dos investidores presentes, uma vez que o DF é a única unidade da federação que consegue instituir, de maneira simplificada, uma lei de incentivo. “Nesta perspectiva, somos mais atrativos que os outros lugares uma vez que o GDF é o único responsável pelo recolhimento do ICMS e do ISS”, explicou o secretário.

 

“Estamos trabalhando para implementar este modelo, que vai proporcionar a atração de novos parceiros e investimentos importantes para o audiovisual do DF”, concluiu.

 

Programação Intensa

As propostas do Governo do Distrito Federal para o setor audiovisual da capital também foram apresentadas a investidores de Motion Picture Association, associação que representa os principais estúdios cinematográficos de Hollywood e de serviço de streaming. Em café da manhã, ontem (12), o secretário de Cultura e Economia Criativa do DF Adão Cândido e a subsecretária de Economia Criativa da pasta, Érica Lewis falaram sobre questões regulatórias e os programas de incentivo voltados exclusivamente para o audiovisual.

 

Eles visitaram ainda os estúdios de animação da Disney e conversaram com Jeffrey Forman, vice-presidente sênior da empresa sobre formas de atrair co-produções ao país. Os animadores da casa explicaram a rotina de trabalho e as oportunidades do segmento. “É magnífico saber que temos nesta que é uma das melhores equipes do mundo, brasileiros que trabalharam em produções de sucesso mundial como Frozen”, contou Adão Cândido.

 

Eletronic Entertainment Expo

 

A programação em Los Angeles também contou com visita à Eletronic Entertainment Expo (E3), uma das principais convenções da indústria de games do mundo. Na ocasião, Adão Cândido e o secretário de Projetos Especiais do Distrito Federal, Everardo Gueiros, tiveram um panorama do setor em todo o mundo e, principalmente na América Latina, onde o setor conta com faturamento de US$ 5 bilhões anuais, sendo que o Brasil corresponde a R$1,5 bilhão deste montante.

 

Os dois secretários estiveram no estande da Nitendo, onde prospectaram para projetos e conversaram com executivos sobre possibilidades de parcerias em novas tecnologias e produtos, com vistas ao desenvolvimento de jogos no Brasil a partir do Distrito Federal. “Vamos avaliar e propor ações para incrementar nossa participação nesse nicho, e incentivar iniciativas para que o Distrito Federal seja mais competitivo neste cenário”, disse Cândido.

 

 

Seminário

O seminário Producing Film/TV in Brazil and U.S., é uma iniciativa da Brazil California Chamber of Commerce, instituição que promove o intercâmbio e fomenta a realização de negócios entre entidades brasileiras e californianas. O foco deste encontro é a discussão da produção audiovisual.

 

Também participam do evento o secretário de Projetos Especiais do Distrito Federal, Everardo Gueiros, e os principais nomes da política cultural brasileira, como o secretário de Cultura e Economia Criativa de São Paulo, Sérgio Sá Leitão, o presidente da Ancine, Christian de Castro, e o secretário Nacional de Cultura do Ministério da Cidadania, Henrique Pires.