Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/07/13 às 19h09 - Atualizado em 13/11/18 às 14h38

Projeto Gira Cultura estimulará a circulação da produção cultural no DF

COMPARTILHAR
A Secretaria de Cultura do DF (SeCult-DF) e o Deputado Federal licenciado, Geraldo Magela, preocupados em estimular a produção, circulação e o acesso da população aos bens culturais lançaram hoje (09/07), no Foyer da Sala Villa Lobos, o Projeto Gira Cultura.

A concepção do Gira Cultura é uma parceria da SeCult-DF e Ministério da Cultura com o objetivo de promover a democratização cultural por meio de cinco eventos culturais com atividades musicais, teatrais e um concurso de fotografia que culminará em uma exposição itinerante pelas Regiões Administrativas de Planaltina, Taguatinga, Gama, Ceilândia e Plano Piloto.

“Esta iniciativa responde a uma preocupação que vai ao encontro de um aspecto determinante da política pública de cultura, em vigência desde 2011, que é a descentralização do investimento público para contemplar o conjunto da maneira mais ampla no Distrito Federal. Este aspecto, se junta a outros dois que são a democratização do acesso ao recurso e a garantia da diversidade cultural que Brasília abriga.”, explica o Secretário de Cultura, Hamilton Pereira.

Circulação e democratização dos recursos públicos

A característica inovadora do Projeto é a circulação. “Ao longo dos últimos anos, a política pública de cultura seja no nível federal, seja no nível dos estados tem trabalhado muito mais para estimular a produção do que a circulação da oferta cultural e isso gera um problema, pois o que é produzido precisa ser mostrado. A ideia é que a cultura gire dentro do Distrito Federal e vá se ampliando pelo Centro-Oeste e pelo Brasil“, concluiu Hamilton Pereira. 
Em seu anuncio o Deputado Magela lembrou que já há instrumentos importantes de acesso aos recursos públicos, mas que é necessária uma maior democratização.

“Nós já temos um instrumento que considero eficaz – o FAC que vem ajudado na produção de Brasília. Temos que fazer com que de fato os recursos sejam democratizados e que mais artistas e produtores tenham acesso a estes recursos, que possam circular por todo o Distrito Federal. Brasília é efetivamente um celeiro cultural.”, elucidou Geraldo Magela.

Como funciona

O Projeto está divido em três fases: inscrição, seleção dos trabalhos e realização de seletivas musicais, apresentações teatrais e mostra fotográfica em Brasília e nas regiões administrativas de Planaltina, Ceilândia, Gama e Taguatinga.

As inscrições já estão abertas. Podem participar artistas locais, residentes em qualquer cidade do Distrito Federal. Interessados devem acessar o portal www.festivalgiracultura.com.br e efetuar o cadastro até 16 de Julho em uma das categorias: Música (Sertanejo; Samba/Pagode; Mpb; Pop; Gospel; Pop Rock; Rock/Metal), fotografia, teatro e teatro Infantil., Música, Teatro infantil, Teatro e fotografia. A seleção será feita por votação popular.

Após selecionados, por meio de votação pelas redes sociais, os artistas se apresentarão e exporão suas obras nas cidades de Planaltina, Taguatinga, Gama, Ceilândia e Plano Piloto. Serão selecionadas duas (2) Companhias Teatrais, sendo uma de teatro infantil, que farão duas apresentações em cada uma das cidades, quarenta e cinco (45) fotografias que serão expostas por 10 dias em cada cidade por onde passará o projeto e quinze (15) músicos/bandas para se apresentarem de forma segmentada nas mesmas cidades. 

Confira a data das apresentações:

* Ceilândia – 05 a 15/08
* Gama – 26/08 a 05/09
* Planaltina – 09/09 a 19/09
* Taguatinga – 23/09 a 03/10
* Brasília – 14/10 a 24/10

Acesse o regulamento e a ficha de inscrição em http://festivalgiracultura.com.br