Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/06/16 às 13h07 - Atualizado em 13/11/18 às 14h50

Programação do Cine Brasília para junho de 2016

COMPARTILHAR

Programação do Cine Brasília para junho de 2016

Uma produção francesa inspirada em O Duplo, de Dostoiévski e a mais nova parceria do cantor Ney Matogrosso com a cineasta Helena Ignez são as estreias na programação para a semana de 2 a 8 de junho: Dois Rémi, Dois e Ralé. A pré-estreia da semana é Campo Grande, da premiada diretora Sandra Kogut , que depois da estreia mundial no 40º Festival de Toronto, terá sua primeira exibição em Brasilia. Além disso, o Cine Brasília abriga mais uma vez o Festival de Cinema Dia Mundial do Meio Ambiente. Iniciativa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, a programação deste ano exibe filmes cuja temática é o combate ao comércio ilegal de animais silvestres. Os filmes serão seguidos de conversa com convidados do PNUMA.

De 2 a 8 de junho

11h (somente sáb. e dom.) Pré-estreia – Campo Grande (Brasil/ França, 2015, drama, 100 minutos, classificação indicativa 12 anos), direção: Sandra Kogut.

Sinopse: Ygor e Rayane foram abandonados na porta de Regina, no bairro de Ipanema no Rio de Janeiro. Essa chegada repentina e inesperada na vida de Regina e a busca pela mãe das crianças irá mudar suas vidas para sempre.

Trailer: http://imovision.com.br/index.php/filme/campo-grande/

16h – Sinfonia da Necrópole (Brasil, 2014, comédia musical, 85 minutos, classificação 12 anos), direção: Juliana Rojas.

Sinopse: O filme se passa na cidade de São Paulo, onde a rotina do aprendiz de coveiro Deodato muda quando uma nova funcionária chega ao cemitério. Juntos, eles devem fazer o recadastramento dos túmulos abandonados, mas estranhos eventos fazem o aprendiz questionar as implicações em se mexer com os mortos.

Trailer: http://www.vitrinefilmes.com.br/site/?page_id=4072

18h e 19h30 (seg. às 14h30 e 18h; ter. às 14h30 e 17h30) – * Estréia – Dois Rémi, Dois (Deux Rémi, Deux, França, 2016, comedia, 66 minutos, com: Pascal Cervo, Serge Bozon, Luna Picoli-Truffaut, classificação 14 anos), direção: Pierre Léon.

Sinopse: Rémi é um homem de 30 anos perdido na vida. Não tem um bom emprego e leva uma tímida vida amorosa. Certo dia, ele precisa dividir sua vida com um sósia, um outro dele, um ser não muito agradável e bem invasivo. A questão é: qual deles será o verdadeiro Rémi?

Trailer: www.youtube.com/watch?v=kjEaaEafcKk

21h (se. e ter. as 21h30) – * Estréia – Ralé (Brasil, drama, 2015, drama, 73 minutos, com: Ney Matogrosso, Simone Spoladore, Djin Sganzerla, Dan Nakagawa, José Celso Martinez, classificação 16 anos), direção: Helena Ignez.

Sinopse: Ralé é um filme dentro de um filme. Jovens diretores, adolescentes prodígios, estão filmando “A Exibicionista” em meio a uma fazenda numa região paradisíaca. Barão, personagem de Ney Matogrosso, vive nesta fazenda onde irá celebrar seu casamento com o dançarino Marcelo. O filme investiga poeticamente a alma brasileira, colocando a Amazônia como epicentro do mundo, refletindo a respeito de questões existenciais, legitimando o direito à liberdade e individualidade sexual.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=inEDzotaiHU


Festival de Cinema Dia Mundial do Meio Ambiente 2016

Segunda, dia 6

10h – Festival de Cinema Dia Mundial do Meio Ambiente 2016 – Rio (animação, 2011 classificação livre) direção: Carlos Saldanha.

Sinopse: Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar na fria Minnesota, nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda, com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles ficam presos por uma corrente na pata. É quando precisam unir forças para escapar do cativeiro. Entrada Franca.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=LQkwNUiFqLs

19h30 – Festival de Cinema Dia Mundial do Meio Ambiente 2016 – Blackfish (EUA, documentário, 2013, 90 minutos, classificação 14 anos) direção: Gabriella Cowperthwaite.

Sinopse: Em 24 de fevereiro de 2010, a experiente treinadora Dawn Brancheau é atacada pela baleia orca com quem fazia um show no SeaWorld. O caso teve repercussão mundial e levantou questionamentos sobre as condições que os animais viviam em cativeiro e a segurança dos próprios treinadores ao dividirem a mesma piscina com eles durante os shows. O documentário investiga o histórico dos shows com baleias orca nos Estados Unidos, mostrando que acidentes deste tipo não são tão raros assim, e também a violência sofrida pelos animais retirados da vida selvagem e do convívio social com outros da mesma espécie. Entrada Franca. Após a sessão conversa com o musico LENINE

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=owaZIWdkV_g

Terça, dia 7

10h – Festival de Cinema Dia Mundial do Meio Ambiente 2016 – Rio (animação, 2011 classificação livre) direção: Carlos Saldanha.

Sinopse: Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar na fria Minnesota, nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda, com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles ficam presos por uma corrente na pata. É quando precisam unir forças para escapar do cativeiro. Entrada Franca.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=LQkwNUiFqLs

19h – Festival de Cinema Dia Mundial do Meio Ambiente 2016 – Instinto (Instinct, EUA, 1998, aventura/suspense, 126 minutos, classificação 16 anos), direção John Turteltaub.

Sinopse: Em uma de suas viagens o Dr. Ethan Powell (Anthony Hopkins), um famoso antropologista, desaparece. Ele é encontrado em Ruanda dois anos depois, mas antes de ser detido ele mata três homens e fere dois. Após algum tempo o governo americano consegue sua custódia e ele passa a ser analisado pelo Dr. Theo Calder (Cuba Gooding Jr.), um psiquiatra que considera este caso uma oportunidade rara. Mas por algum motivo o Dr. Powell não fala uma única palavra, mas aos poucos esta barreira é quebrada e o médico aprende muito da vida com o antropólogo, que muitos consideram louco. Por trás da “loucura” do antropólogo está a violência sofrida pelos animais com que convivia nas florestas de Ruanda, capturados por traficantes de animais. . Entrada Franca. Conversa com convidado do PNUMA

Trailer: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-20199/

 

De 09 a 14/06


16h30 – Ralé (Brasil, drama, 2015, drama, 73 minutos, com: Ney Matogrosso, Simone Spoladore, Djin Sganzerla, Dan Nakagawa, José Celso Martinez, classificação 16 anos), direção: Helena Ignez.

Sinopse: Ralé é um filme dentro de um filme. Jovens diretores, adolescentes prodígios, estão filmando “A Exibicionista” em meio a uma fazenda numa região paradisíaca. Barão, personagem de Ney Matogrosso, vive nesta fazenda onde irá celebrar seu casamento com o dançarino Marcelo. O filme investiga poeticamente a alma brasileira, colocando a Amazônia como epicentro do mundo, refletindo a respeito de questões existenciais, legitimando o direito à liberdade e individualidade sexual.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=inEDzotaiHU

 

18h e 19h30 – Tudo Sobre Vincent ( Vincent n'a pas d'écailles, França, 2014, comédia/fantasia, 78 minutos, classificação 14 anos), direção: Thomas Salvador.

Sinopse: Vincent é um homem calmo e solitário, que tem um grande segredo: sua força fica dez vezes maior quando ele entra em contato com a água. Mas tudo muda quando ele conhece Lucie e se apaixona.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=qTRrCXjBl44

 

21h – Dois Rémi, Dois (Deux Rémi, Deux, França, 2016, comedia, 66 minutos, com: Pascal Cervo, Serge Bozon, Luna Picoli-Truffaut, classificação 14 anos), direção: Pierre Léon.

Sinopse: Rémi é um homem de 30 anos perdido na vida. Não tem um bom emprego e leva uma tímida vida amorosa. Certo dia, ele precisa dividir sua vida com um sósia, um outro dele, um ser não muito agradável e bem invasivo. A questão é: qual deles será o verdadeiro Rémi?

Trailer: www.youtube.com/watch?v=kjEaaEafcKk

 

Quarta-feira, 15/06

16h30 – Ralé (Brasil, drama, 2015, drama, 73 minutos, com: Ney Matogrosso, Simone Spoladore, Djin Sganzerla, Dan Nakagawa, José Celso Martinez, classificação 16 anos), direção: Helena Ignez.

Sinopse: Ralé é um filme dentro de um filme. Jovens diretores, adolescentes prodígios, estão filmando “A Exibicionista” em meio a uma fazenda numa região paradisíaca. Barão, personagem de Ney Matogrosso, vive nesta fazenda onde irá celebrar seu casamento com o dançarino Marcelo. O filme investiga poeticamente a alma brasileira, colocando a Amazônia como epicentro do mundo, refletindo a respeito de questões existenciais, legitimando o direito à liberdade e individualidade sexual.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=inEDzotaiHU

 

18h e 19h30 – Tudo Sobre Vincent ( Vincent n'a pas d'écailles, França, 2014, comédia/fantasia, 78 minutos, classificação 14 anos), direção: Thomas Salvador.

Sinopse: Vincent tem um poder extraordinário: a sua força fica dez vezes maior quando ele está em contato com a água. Por isso ele vive em uma área rica em lagos e rios, e é reservado para poder preservar seu segredo. Um dia ele é surpreendido por Lucie e se apaixona.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=qTRrCXjBl44

 

21h – Dois Rémi, Dois (Deux Rémi, Deux, França, 2016, comedia, 66 minutos, com: Pascal Cervo, Serge Bozon, Luna Picoli-Truffaut, classificação 14 anos), direção: Pierre Léon.

Sinopse: Rémi é um homem de 30 anos perdido na vida. Não tem um bom emprego e leva uma tímida vida amorosa. Certo dia, ele precisa dividir sua vida com um sósia, um outro dele, um ser não muito agradável e bem invasivo. A questão é: qual deles será o verdadeiro Rémi?

Trailer: www.youtube.com/watch?v=kjEaaEafcKk

 

22h30 – Allice (Brasil, 2016, documentário, 12 minutos, classificação livre), direção: Fernanda Carvalho.

Sinopse: Se tem uma drag queen que é a cara de Brasília, o nome dela é Allice Bombom. Conhecida por vender seus chocolates pelos bares à noite, ela conquista todos com um jeito despachado e visuais extravagantes. São 20 anos dessa carismática figura, que se tornou um ícone da cultura local. Porém, por trás do sorriso fácil de Allice, há uma pessoa como qualquer outra, cheia de sonhos e histórias nem sempre felizes. ENTRADA FRANCA

Teaser: https://vimeo.com/164627412


De 16, 17 e 18, junho 

17h, 19h e 20h40 – Tudo Sobre Vincent (Vincent n’a pas d’écailles, França, 2014, comédia/fantasia, 78 minutos, classificação 14 anos), direção: Thomas Salvador.
Sinopse: Vincent é um homem calmo e solitário, que tem um grande segredo: sua força fica dez vezes maior quando ele entra em contato com a água. Mas tudo muda quando ele conhece Lucie e se apaixona.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=qTRrCXjBl44

Domingo, dia 19

15h – Cine Migrarte – Mostra de Cinema sobre refúgio e Migração – Abertura. Entrada Franca.

15h30 – Cine Migrarte 1ª Sessão Minuto, com os filmes sobre refúgio, melhores do Festival do Minuto 2016. Entrada Franca.

15h45 – Cine Migrarte Diluindo Tabus – Debate sobre polêmicos tabus acerca do refúgio. Entrada Franca

17h00 – Cine Migrarte 2ª Sessão Minuto com os filmes sobre refúgio, melhores do Festival do Minuto 2016. Entrada Franca.

17h15 – Cine Migrarte – Mostra Humanitária de Curtas, curtas selecionados e premiados em Festivais de Cinema com a temática Humanidades. Entrada Franca

19h10 e 20h40 – Tudo Sobre Vincent (Vincent n’a pas d’écailles, França, 2014, comédia/fantasia, 78 minutos, classificação 14 anos), direção: Thomas Salvador.
Sinopse: Vincent é um homem calmo e solitário, que tem um grande segredo: sua força fica dez vezes maior quando ele entra em contato com a água. Mas tudo muda quando ele conhece Lucie e se apaixona.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=qTRrCXjBl44

Segunda-feira, dia 20

15h, 17h – Tudo Sobre Vincent (Vincent n’a pas d’écailles, França, 2014, comédia/fantasia, 78 minutos, classificação 14 anos), direção: Thomas Salvador.
Sinopse: Vincent é um homem calmo e solitário, que tem um grande segredo: sua força fica dez vezes maior quando ele entra em contato com a água. Mas tudo muda quando ele conhece Lucie e se apaixona.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=qTRrCXjBl44

19h – Primeiro Festival Internacional de Cinema LGBTI – Abertura – North Sea Texas ( Bélgica, 2011, drama romântico, 94min, classificação 16 anos) Direção: Bavo Defurne. Entrada Franca
Sinopse – Pim vive com a mãe solteira, (outrora rainha da beleza) numa pequena localidade na costa belga. Introvertido, Pim alegra os dias desenhando e sonhando com outra vida. Ele expressa seus desejos latentes por meio de uma secreta coleção de objetos “emprestados”, escondidos numa caixa de sapatos. Com a chegada da adolescência, surge o apetite sexual e Pim desenha e sonha com Gino, o vizinho mais velho, seu herói Motard. Mas o primeiro amor parece destinado a um final triste.
Tráiler: https://www.youtube.com/watch?v=jnWVW13NMYY.
Segue o curta Reel (Suécia, ficção, 13min, classificação 16 anos ), direção: Dir: Jens Choong
Sinopse: Robert e Victor têm 15 anos e são melhores amigos. Amanhã Victor vai se mudar para outra cidade. Eles andam pelas ruas fazendo só palhaçadas. Aos poucos, entendemos que há mais que amizade entre eles. Evocativo e com atuação fina, este filme explora os limites emocionais e sexuais. Entrada Franca

Terça-feira, dia 21

15h30 e 17h – Tudo Sobre Vincent (Vincent n’a pas d’écailles, França, 2014, comédia/fantasia, 78 minutos, classificação 14 anos), direção: Thomas Salvador.
Sinopse: Vincent é um homem calmo e solitário, que tem um grande segredo: sua força fica dez vezes maior quando ele entra em contato com a água. Mas tudo muda quando ele conhece Lucie e se apaixona.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=qTRrCXjBl44

19h00 – Primeiro Festival Internacional de Cinema LGBTI – Brotherhood (Dinamarca, 2010, drama, 90min, classificação 16 anos) Direção: Nicolo Donato
Sinopse: Uma história de amor proibido e busca da identidade. Após ser expulso do serviço militar, Lars torna-se membro de um grupo neonazista, onde conhece Jimmy. Os dois se apaixonam e se desejam muito, mas é difícil manter o relacionamento em um ambiente que reprime e condena a homossexualidade. Lealdade a uma fraternidade implica deslealdade a outra e há um preço a ser pago. Entrada Franca

Segue o curta Boygame (Suécia, ficção, 15min, classificação 16 anos ), direção: Anna Österlund Nolskog
Sinopse: Robert e Victor têm 15 anos e são melhores amigos. Amanhã Victor vai se mudar para outra cidade. Eles andam pelas ruas fazendo só palhaçadas. Aos poucos, entendemos que há mais que amizade entre eles. Evocativo e com atuação fina, este filme explora os limites emocionais e sexuais. Entrada Franca

21h00 – Primeiro Festival Internacional de Cinema LGBTI – Os Invisíveis (França, 2012, documentário, 90min, classificação 16 anos), Direção: Sébastien Lifshitz
Sinopse: Nascidos entre a Primeira e a Segunda Guerra Mundial, seis franceses contam histórias pessoais, vividas em diferentes partes do país ao longo de quase todo o século XX. Embora sejam pessoas comuns, seus relatos refletem as transformações da sociedade nas últimas seis décadas. Sem que tenham optado por uma vida extraordinária, os casais Yann e Pierre, Bernard e Jacques e Catherine e Elisabeth foram desbravadores apenas por terem vivido numa época em que homossexuais eram totalmente discriminados pela sociedade. Entrada Franca

Segue o curta: One of Them (Canadá, 2000, 25min, classificação 16 anos), direção: Elise Swerhone.
Sinopse: O filme apresenta estudantes no último ano de ensino médio descobrindo e lutando contra a discriminação e os estereótipos. Jamie tem de enfrentar suas próprias reações quando percebe que seu amigo é gay e precisa de apoio. O namorado de Jamie deve decidir se ele vai apoiá-lo. Um Deles incide sobre a LGBT fobia e a discriminação num contexto de direitos humanos. A dramatização leva os telespectadores a buscarem suas próprias respostas e promoverem um ambiente escolar seguro para todos.
Entrada Franca

Quarta feira, dia 22

15h30 e 17h – Tudo Sobre Vincent (Vincent n’a pas d’écailles, França, 2014, comédia/fantasia, 78 minutos, classificação 14 anos), direção: Thomas Salvador.
Sinopse: Vincent é um homem calmo e solitário, que tem um grande segredo: sua força fica dez vezes maior quando ele entra em contato com a água. Mas tudo muda quando ele conhece Lucie e se apaixona.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=qTRrCXjBl44

19h00 – Primeiro Festival Internacional de Cinema LGBTI – The Case Against 8 (USA, 2014, documentário, 109min, classificação 18 anos) Dir: Ben Cotner e Ryan White
Sinopse: O documentario aborda o impactante caso da Suprema Corte dos Estados Unidos que alterou a Emenda Constitucional 8, referente à proibição do casamento entre pessoas do mesmo sexo no Estado da Califórnia. O filme narra a luta que ajudou a pavimentar o caminho para a igualdade matrimonial em nível nacional, tendo acesso aos bastidores da luta de dois casais da Califórnia pelo direito de se casarem e também da equipe jurídica composta pelo conservador Ted Olson e o liberal David Boies. O documentário consegue fornecer um relato sólido dessa batalha que efetivamente acabou com a discriminação matrimonial na Califórnia e levou o assunto até a instancia da Suprema Corte. Entrada Franca
Segue o curta: On Suffocation (Suécia, ficção, 7min, classificação 16 anos), direção: Jenifer Malmqvist.
Sinopse: Um filme perturbador sobre quando o sistema se torna mais importante do que a vida de uma pessoa. Sete minutos sem diálogo. O aspecto mais perturbador do filme é que ele poderia ser absolutamente verdadeiro. Entrada Franca

21h00 – Primeiro Festival Internacional de Cinema LGBTI – Pride (Reino Unido, 2014, comédia dramática, 129min, Classificação 16 anos) Direção: Matthew Warchus.
Sinopse: 1984. Margaret Thatcher está no poder e os mineiros estão em greve. Depois do orgulho gay chegar a Londres, um grupo de ativistas decide arrecadar dinheiro para enviar às famílias dos mineiros. Mas a União Nacional dos Mineiros parece um pouco constrangida em receber a ajuda. Os ativistas não perdem o ânimo, decidem entregar a doação pessoalmente e partem em direção ao País de Gales. Assim começa a história improvável de dois grupos que não tinham nenhuma relação, mas se uniram em prol de uma causa. Entrada Franca.

 

23 a 29 de junho

A Academia das Musas (drama/Espanha/92min/2016)

de José Luis Guerín

Com: Emanuela Forgetta, Mireia Iniesta, Raffaele Pinto

Sinopse: Questionado por sua esposa sobre a abordagem pedagógica que pretende adotar no curso “A Academia de Musas”, sobre a reforma do mundo pela poesia, um professor de filologia fala da mítica figura das musas que inspiram escritores a criar algo inexistente. Mas o projeto toma rumos inesperados quando o professor se envolve com algumas alunas.

Zoom (comédia/drama/animação/Brasil/Canadá/96min/2016)

de Pedro Morelli

Com: Gael García Bernal, Alison Pill, Mariana Ximenes

Sinopse: Esta é a história de três artistas: Edward (Gael García Bernal), vaidoso diretor de cinema que precisa refilmar o final de um longa contra sua vontade e de repente começa a ter problemas sexuais. Michelle (Mariana Ximenes), modelo brasileira que deixa namorado e carreira nos Estados Unidos para voltar ao seu país e escrever um livro. E Emma (Alison Pill), que, desesperada para retirar seus implantes de silicone, recorre a meios duvidosos para ganhar um dinheiro extra.

I Festival International LGBTI (de 20 a 26 de junho)

Programação

Quinta-Feira (23/06)

15h00 – Zoom (Estréia)

17h00 – A Academia das Musas (Estréia)

19h00 – O Meu Nome é Jacque (LGBTI)

21h00 – A Academia das Musas

Sexta-Feira (24/06)

15h00 – Zoom

17h00 – A Academia das Musas

19h00 – Mixed Kebab (LGBTI)

21h00 – A Academia das Musas

Sábado (25/06)

11h00 – Zoom

17h00 – A Academia das Musas

19h00 – The Man Who Loved Yngve (LGBTI)

21h10 – A Academia das Musas

Domingo (26/06)

14h00 – Retratos da Alma e O Pequeno Pé Grande (Sessão Especial Curtas)

15h00 – Zoom

17h00 – A Academia das Musas

19h00 – Last Chance (LGBTI)

21h00 – A Academia das Musas

Segunda-Feira (27/06)

15h00 – Zoom

17h00 – A Academia das Musas

19h00 – Zoom

21h00 – A Academia das Musas

Terça-Feira (2806)

15h00 – Zoom

17h00 – A Academia das Musas

19h00 – Zoom

21h00 – A Academia das Musas

Quarta-Feira (29/06)

15h00 – Zoom

17h00 – A Academia das Musas

19h00 – Zoom

21h00 – A Academia das Musas

Programa I Festival International LGBTI

O Meu Nome é Jacque (Doc/Brasil/2016/72min) Dir: Angela Zoe

Sinopse: A diversidade da narrada através de um olhar sobre a história e a vida de Jacqueline Rocha Côrtes, uma mulher transsexual portadora do vírus da aids, que precisou e que ainda precisa superar grandes obstáculos para viver sua vida da melhor forma possível, quebrando paradigmas e derrubando preconceitos. 

Out and About (curta/Países Baixos/30min)

Sinopse: “Out&About” conta a historia dos pais de filhos LGBTI em três países diferentes: Rússia, Indonésia e Quênia. O cineasta KoenSuidgeest mostra como leis contra LGBTI e/ou estigmas nos países em questão afetam o dia a dia dos protagonistas. Em uma forma de partir o coração, os pais compartilham os seus sentimentos com o cineasta e os dilemas que eles têm que enfrentar. As palavras chaves desse filme são: amor, identidade, medo e igualdade. O documentário estreou no dia 17 de maio de 2016 em comemoração dos direitos LGBTI.

19h00 – Mixed Kebab (drama/Bélgica/2012/98min) Dir: Guy Lee Thys

Sinopse: Ibrahim é um jovem turco que vive com sua conservadora familia muçulmana. A familia tenta arranjar um casamento para ele, mas Ibrahim é gaye está apaixonado por Kevin. Enquanto tenta esconder a realidade da sua família, ele deve lidar com o preconceito de todos. 

Ladyboy (curta/Suécia/8min)

Sinopse: Ladyboy é um curta-metragem experimental sobre uma mulher na Tailândia que fez realinhamento de género e agora enfrenta a decisão mais difícil de sua vida: será que ela deveria mudar para o Canadá por amor ou ficar em Bangkok e continuar sustentando a sua família através da prostituição?

19h00 – The Man Who Loved Yngve (comédia/drama/música/Noruega/2008/90min)

Dir: Stian Kristiansen

Sinopse: Novembro de 1989 o muro de Berlim caiu. Na cidade de Stavanger, na Noruega, Jarle Klepp não tem a menor ideia de que tudo está prestes a mudar… Até agora ele tem tudo: a melhor namorada do mundo e o amigo mais legal de todos. Juntos, eles irão lançar a banda punk mais pesada de Stavangers, a Mattias Rust Band. Então o novo garoto da sala, Yngve, aparece. Ele não é como qualquer outra pessoa e Jarle está confuso. Ele não sabe o que fazer. Tudo o que ele sabe é que ele não pode parar de se encontrar comYngve.

Bald Guy (curta/Noruega/12min)

Sinopse: Um animado musical sobre ser quem você é e amar quem você quiser. A história de um jovem e sua busca por amor e aceitação, um filme sobre o amor proibido e sem limites e o risco de perder tudo quando a sua escolha vai diretamente contra o que é moralmente aceito. 

Last Chance (Doc/Canadá/2012/85min) Dir: Paul-Émile d'Entremont

Sinopse: Este documentário conta a história de cinco pessoas que buscam por asilo e fogem de seus países de origem para escapar da violência LGBT fóbica. Eles enfrentam obstáculos para chegarem até o Canadá, temem deportação e aguardam ansiosamente uma decisão que irá mudar suas vidas para sempre.

 

S E R V I Ç O

Ingressos: R$ 12,00 (inteira) R$ 6,00 (meia entrada)

Festival de Cinema Dia Mundial do Meio Ambiente 2016 – Entrada Franca

Programador responsável: Sergio Moriconi smoriconi@terra.com.br

Programação Completa em: www.cultura.df.gov.br e facebook.com/cinebrasilia1960