Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/04/12 às 12h24 - Atualizado em 13/11/18 às 14h37

Prêmio Nobel vai conhecer a Prainha dos Orixás

COMPARTILHAR

img 8938

Primeiro negro a ser premiado com o Prêmio Nobel (1986), Wole Soyinka será recebido, às 11h, na Prainha dos orixás por alguns representantes do movimento negro do DF. A ideia é apresentar o local ao escritor, que é também grande defensor das religiões de matriz africana, tema recorrente em sua literatura. Na fala de abertura da Bienal, fez um discurso que foi considerado por muitos uma verdadeira aula de antropologia nesse sentido. Na Nigéria, seu país de origem, acontece o maior festival dedicado ao orixá Oxum no mundo.

A Prainha, espaço consagrado às imagens dos 16 orixás cultuados no Brasil, teve suas imagens depredadas e passou dois anos sem reforma. Agora recebe as principais festas de matriz africana do DF, onde temos mais de mil terreiros. A poesia sócio-política de Wole Soyinka e a Prainha dos Orixás se relacionam em todos os sentidos.

Estarão presentes representantes da rede Mulheres de Axé, da Federação de Umbanda e Candomblé do DF, Lydia Garcia (Bazafro), Martinha do Coco, GOG, Nelson Inocêncio e Akini, que irá preparar deliciosos acarajés.