Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/05/16 às 19h57 - Atualizado em 13/11/18 às 14h50

Penitenciária Feminina recebe sarau poemado

COMPARTILHAR

Poesia, música e rimas marcam a próxima edição do Projeto Asas

A próxima edição do Projeto Asas vai promover um sarau poemado na Penitenciária Feminina do Distrito Federal (PFDF) nesta terça-feira (24) a partir das 10h. Vão participar da atividade a rapper e poetisa Júlia Nara; Preto X e Tarcísio Reis com suas experiências de intervenções urbanas; e a também cantora e poetisa Prethaís; além da Subsecretária de Cidadania e Diversidade Cultural, Jaqueline Fernandes.

Júlia Nara compõe o quarteto musical feminino “É nois que tá”, cujo slogan é: “quatro mulheres, quatro histórias, uma música”. O grupo tem se apresentado em saraus, batalhas de poesia e festivais locais, interpretando clássicos da MPB e do rap nacional, além de canções autorais. A cantora já participou do Projeto Asas anteriormente, na primeira edição, e ficou surpreendida com a recepção e produção das mulheres da Colmeia. “Ir à Colmeia é sempre uma honra, pois apesar de tudo sei que ali vou encontrar outras mulheres que vem de várias e várias lutas e ainda assim lutam por sua sobrevivência. Essas manas são força, são referências, tem voz”, disse.

A Subsecretária Jaqueline Fernandes vem realizando desde o início deste ano uma oficina de leitura e interpretação de textos, que trabalha com letras de músicas, poesias, textos e matérias de jornal, a fim de debater a maneira como as mulheres e outros grupos sociais são retratados. “A proposta é incentivar a leitura crítica da realidade por meio da arte”, explica a Subsecretária. “A receptividade das diferentes atividades realizadas em 2015 demonstraram a importância de debater questões relacionadas a gênero, raça, classe social, maternidade e outros temas com as internas”, complementa.

O Projeto Asas realiza atividades culturais mensalmente na PFDF por meio de uma parceria da Secretaria de Cultura com a Secretaria de Justiça e Cidadania. Em 2015, foram realizadas oito edições com uma programação diversificada que buscou despertar os talentos das mulheres lá presentes. Sarau musicado, cineclube, workshop de dança de salão, oficina para mães e bebês, batalha de poesia, workshop de dança de rua, contação de histórias e exposição de fotografias, e até uma apresentação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional ofereceram variados estímulos à criatividade das internas. Esta será a quarta edição do ano, dando continuidade à oficina de leitura e interpretação de textos.

Serviço

12ª edição do Projeto Asas – Sarau poemado

Onde: Penitenciária Feminina do Distrito Federal (PFDF) – Colmeia

Quando: terça-feira, 24 de maio, a partir das 10h.