Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/10/13 às 19h40 - Atualizado em 13/11/18 às 14h39

Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional recebe regente convidado na próxima terça-feira

COMPARTILHAR

Daniel Bortolosy é maestro titular da Orquestra de Câmara de Blumenau


A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro recebe, na próxima terça-feira (29), o maestro convidado Daniel Bortolosy, da Orquestra de Câmara de Blumenau, para um concerto de gala às 20h, na sala Villa-Lobos do Teatro Nacional.


Bortolosy se destaca como um dos mais promissores e atuantes regentes de sua geração. Em 2012 foi diretor artístico da Orquestra Curitiba Sinfônica e está em sua sexta temporada como regente titular em Blumenau.


Como maestro convidado, tem trabalhado com muitos grupos sinfônicos brasileiros, além de orquestras na Argentina, Portugal, Itália, Bulgária, Cazaquistão, Inglaterra, República Tcheca, Romênia, Ucrânia e Rússia.


A programação desta terça oferece: Contos dos Bosques de Viena de Johann Strauss; Concerto para Violoncelo e Orquestra de Friedrich Gulda, tendo como solista o violoncelista austríaco Friedrich Kleinhapl; e fechando o programa teremos a Sinfonia nº 2 Op.16, “Os 4 Temperamentos” de Carl Nielsen.


A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional se apresenta sempre às terças-feiras e a entrada é franca, obedecendo-se a ordem de chegada do público.


SOLISTA – A apresentação desta terça também terá como convidado o solista Friedrich Kleinhapl. Ele é violoncelista austríaco, com raízes belgas, e como solista e músico de câmara se apresenta nas principais cidades europeias, bem como nos EUA, Canadá, Colômbia, Venezuela, México e China.


Programação:

Contos dos Bosques de Viena – Johann Strauss

Concerto para Violoncelo e Orquestra – Friedrich Gulda

Solista: Friedrich Kleinhapl – Sinfonia nº 2 Op.16, “Os 4 Temperamentos” – Carl Nielsen

Regente: Daniel Bortolosy


SERVIÇO

Evento: Temporada Oficial da OSTNCS

Dia: Terça-feira (29)

Horário: 20h

Local: Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional Claudio Santoro

Entrada Franca – mediante a ordem de chegada

Mais informações: 3325-6232/3325-6171


Daniel Bortolosy (regente)

Mestre em Artes pela Universidade de São Paulo (USP) estudou com Roberto Duarte (Brasil), Jorma Panula, (Sibelius Academy), Rossen Milanov, (Philadelphia Orchestra) e Vassily Sinaisky, principal maestro convidado da BBC Philharmonic.


Maestro Bortolosy estreou com a Varna Philharmonic Orchestra, em Varna, (Bulgária), bem como na Ucrânia e Inglaterra, dirigindo respectivamente a Karkhov Philharmonica e a City of Southampton Orchestra. No Reino Unido, Daniel ministrou palestras sobre seu trabalho sobre Música Colonial Brasileira na Oxford University, sendo o primeiro maestro Brasileiro a iniciar uma colaboração com a Instituição.


Também fez uma importante estréia à frente da Belgrad Philharmonic Orchestra, em Belgrado, Sérvia. Nesse concerto, executou pela primeira vez no país as Bachianas 02 e 04 de Heitor Villa-Lobos.


Daniel foi o primeiro maestro latino-americano a dirigir a Royal Oman Symphony Orchestra, no Sultanato de Omã, incluindo apresentações particulares para o Sultão Qaboos Bin Said em honra a Carl XVI Gustav, Rei da Suécia e também para o Ex-Primeiro Ministro Britânico Tony Blair. Em 2010 foi fundador e é atualmente Diretor Artístico do New Orleans Festival “Brasileiro!”, nos EUA, evento que terá sua terceira edição em 2014.


Dirigiu, em Curitiba, as montagem da ópera “Sarapalha” e “Finismundo” de Harry Crowl, e também de “El Retablo de Maese Pedro” de Manuel de Falla.


Recentemente foi jurado do concurso “Shabyt”, em Astana, Cazaquistão, e em maio de 2012, a convite da Embaixada Brasileira em Astana, foi Diretor Artístico da I Semana de Música Brasileira no Cazaquistão, contemplando inúmeras atividades culturais dedicadas à compositores Brasileiros.


Nessa semana, dirigiu a State Chamber Orchestra of Kazakhstan e realizou a primeira gravação mundial do “Martírio dos Insetos”, de Heitor Villa-Lobos. Em julho de 2012 foi novamente convidado a dirigir State Chamber Orchestra of Kazakhstan numa turné pela Itália, realizando concertos em Salerno, Sorrento e Massa Carrara.


Durante a temporada 2012/2013, está realizando, com a Orquestra de Câmara de Blumenau, uma turné com o exímio acordeonista Renato Borghetti, incluindo concertos em toda região sul do Brasil.


Seus compromissos futuros incluem concertos nos EUA, Inglaterra, Espanha, Áustria, Alemanha, Itália, Bósnia e Hezergovina, Croácia, Belarus, Bulgária, Cazaquistão e Sultanato de Omã.


Friedrich Kleinhapl (violoncelo)

Na extensa discografia de Friedrich Kleinhapl podem ser encontradas Sonatas para Violoncelo e Pianode Dmitrij Shostakowitch(vencedor do Prêmio Ö1-Pasticcio em 2004), o Duo-CD “Sonatas Franck Rachmaninow” (premiado com o internacional” Supersonic Award 2008″), o álbum de publicado em 2009 com as três primeiras sonatas de Beethoven ou as sonatas de Beethoven de gravação mais tarde e premiadas com “Excellentia Award 2010”.


Outras gravações em CDs são cinco pecas para violoncelo e orquestra de Max Bruch e os dois concertos para violoncelo de NinoRota. Para ambos os CDs Friedrich Kleinhapl recebeu o “Supersonic Award 2011”.


Kleinhapl terminou seus estudos violoncelistas com Philippe Muller, em Paris, onde viveu por dois anos. Muitas valiosas inspiraçõesmusicais ele deve à intensa colaboração com renomados músicos como Claudio Abbado, Yehudi Menuhin, Paul Tortelier Paulo eTibor Varga.


Desde 2008, Friedrich Kleinhapl toca num violoncelo de Giovanni Battista Guadagnini, Piacenza 1743 “ex de Zweygberg” da valiosa coleção de instrumentos de corda do Banco Nacional da Áustria.