Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/06/13 às 14h07 - Atualizado em 13/11/18 às 14h38

Oficina gratuita de fotografia para surdos na 508 sul

COMPARTILHAR

Acontece neste final de semana, 15 e 16 de junho, oficina de fotografia para surdos oferecida pelos fotógrafos do projeto “Brasília Utopia”, que inauguram em agosto uma exposição sobre a capital federal. As oficinas serão gratuitas e vão acontecer no Espaço Cultural Renato Russo, na 508 Sul.

Durante dois dias, cerca de 80 surdos, habitantes do Distrito Federal, terão a oportunidade de conhecer princípios básicos de fotografia e experimentar uma outra forma de expressão. Olivier Boëls, Isabela Lyrio, João Paulo Barbosa e Arthur Monteiro, fotógrafos com vasta experiência profissional, irão introduzir a história da fotografia e noções teóricas e práticas, especialmente sobre retrato e natureza. Podem participar jovens e adultos, a partir de 15 anos, sem necessidade de conhecimento prévio em fotografia.

“A visão é um ponto de aproximação entre surdos e ouvintes”, explica Nísia Sacco, educadora e produtora do projeto. “As atividades culturais ajudam os surdos a se fortalecerem, a desenvolver confiança e a descobrir seus potenciais”, afirma a artista plástica surda, Maria Conceição Villafane, que colabora com o projeto.

Brasília Utopia

O projeto Brasília Utopia foi criado pelos quatro fotógrafos e a antropóloga Lena Tosta, curadora da mostra. A ideia surgiu a partir do conceito inicial que marcou a criação da cidade modernista.

A exposição das fotografias de Olivier Boëls, Isabela Lyrio, João Paulo Barbosa e Arthur Monteiro estará aberta ao público do dia 1o de agosto a 8 de setembro e terá visitas guiadas em libras.

As fotos estarão expostas ar livre, de dia e de noite, para visitação livre e gratuita. O acesso democrático à arte e à cultura é outro ponto de foco do projeto.

O projeto tem apoio da Secretaria de Educação do Governo do Distrito Federal (GDF) e patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) do DF.

Currículo dos Fotógrafos
 
* Olivier Boëls: é um dos fundadores do coletivo Etnofoco, especializado em fotografia sócio-cultural. É detentor do prestigiado World Press Photo, além de outros prêmios nacionais e finalista, por duas vezes, do Smithsonian Photo Contest. Publicou em várias revistas e jornais, e produziu 32 exposições no Brasil e exterior.

* João Paulo Barbosa: é brasiliense, historiador da UnB e fotógrafo profissional. Produziu livros, exposições e reportagens em 12 países. Foi premiado no Canadá, Espanha, EUA, Inglaterra e Itália.

*Arthur Monteiro: é fotojornalista e fotodocumentarista, profissional premiado e atuante há quase 15 anos. Já expôs e documentou além do Brasil países como México, Guatemala, França, Coréia do Sul, China, Tibet, Laos, Nepal e Índia.
*Isabela Lyrio: é fotojornalista independente há 12 anos. Participou de 23 exposições no Brasil, China e Coréia do Sul e fez trabalhos documentais em países da Ásia e América Latina.

Serviço
Oficina de Fotografia para surdos
Data/Horário: 15/06, das 9h às 13h e 16/06 das 14h às 18h
Local: Espaço Cultural Renato Russo (508 sul)
Inscriçõesbrasiliautopia@gmail.com 
Informações: www.facebook.com/BrasiliaUtopia e www.projetobrasiliautopia.blogspot.com.br