gototop
CULTURA
FacebookTwitter
Sexta, 23 Dezembro 2016

Ano-novo será celebrado no Museu Nacional e na Prainha

 

Virada Viva terá dois dias de programação com contagem regressiva de Criolo

Oficinas, espetáculos circenses e música de vários estilos compõem a programação das festas gratuitas do Réveillon Virada Viva. Os eventos tradicionais ocorrerão no Museu Nacional da República (Esplanada dos Ministérios) e na Praça dos Orixás (Setor de Clubes Sul), a Prainha. Para o secretário de Cultura, Guilherme Reis, a programação expressa diversidade cultural. "Haverá oficinas para as crianças, espetáculos, músicas que vão do samba ao rap e valorização dos nossos artistas", destacou.

As apresentações musicais serão intercaladas por DJs selecionados por chamamento público. A programação de espetáculos circenses e oficinas será divulgada após o fim da seleção da secretaria.

A secretária-adjunta de Cultura, Nanan Catalão, definiu a programação como uma política de economia criativa, referindo-se às oficinas e aos espetáculos, nos dias 30 e 31 de dezembro. "Queremos fortalecer a identidade de Brasília e a criatividade em jovens e crianças", reforçou, na entrevista coletiva sobre as festividades, na tarde de sexta-feira (9). A pasta trabalha em parceria com a Secretaria Adjunta de Turismo para viabilizar uma feira de empreendedorismo criativo e a presença de food trucks.

Na avaliação do titular, o ano foi difícil, e a população merece se divertir. "Queríamos fazer muito mais, o que não é possível em tempos de crise, mas fechamos uma programação amorosa com a cidade e esperamos trazer um ambiente de felicidade e de esperança para 2017", disse Guilherme Reis.

Para o público aproveitar a festa até o último minuto, tanto no Museu como na Prainha, o DFTrans terá horário especial de ônibus até as 3h do dia 1º.

Programação no Museu Nacional da República

Para este ano, a Praça do Museu receberá atrações de vários estilos, desde o samba carioca do Fundo de Quintal ao som pop versátil do Móveis Coloniais de Acaju, em seu show de despedida dos palcos após 18 anos de atividade. "Sabemos da afetividade da cidade com a banda, será um momento importante para os músicos e para Brasília", avaliou a Subsecretária de Políticas de Desenvolvimento e Promoção Cultural, Mariana Soares, também presente na coletiva.

No palco ainda sobem a banda brasiliense Zaktar e a cantora Flora Matos, que começou a carreira na cidade e agora está radicada em São Paulo. O paulista Criolo ficará encarregado de fazer a contagem regressiva antes dos fogos de artifício que vão celebrar a chegada de 2017. O encerramento da festa será no ritmo do funk carioca, sob o comando da MC Carol, de Niterói (RJ).

OFICINAS e ESPETÁCULOS CIRCENSES

30/12

10h - Oficina de Sk8 - Gabriel Zago

11h - Oficina de DJ - DJ Hool Ramos

11h10 - Apresentação Circense - Grupo Pilombetagem

12h - Oficina de malabares - Grupo Pilombetagem

15h - Oficina de patchwork - Kátia Amaral

15h - Oficina de DJ - DJ Hool Ramos

17h - Apresentação Circense - Grupo Pilombetagem

31/12

10h - 11h - Oficina de DJ - DJ Hool Ramos

11h10 às 12h10 - Apresentação Circense - Cia. Rebote

15h às 16h - Oficina de DJ - DJ Hool Ramos

16h10 às 17h10 - Apresentação Circense - Cia. Rebote

SHOWS

18h45 às 19h25 – Zaktar (chamamento público)

DJ Ocimar (troca de palco)

19h45 às 20h45 – Móveis Coloniais de Acaju (show de despedida)

DJ Ocimar (troca de palco)

21h às 22h – Flora Matos

DJ Donna (troca de palco)

22h15 às 23h15 – Fundo de Quintal

DJ Donna (troca de palco)

23h35 às 0h45 – Criolo (com contagem regressiva)

0h às 0h10 – Show pirotécnico (10 minutos de queima de fogos)

1h à 1h50 – MC Carol

Réveillon na Prainha

Cinco atrações locais, selecionadas via chamamento público, garantirão a festa da Praça dos Orixás, conhecida como Prainha, ao lado da ponte Honestino Guimarães, no Setor de Clubes Sul. O local é tradicionalmente reservado para cortejos de praticantes de religiões de matriz africana durante a virada do ano. Confira como será a programação:

19h05 - Thabata Lorena

20h - Grupo Cultural Obará

0h30 - Renata Jambeiro

1h25 - Fabinho Samba

2h20 - Máximo Mansur

Custos

O total de investimentos da Secretaria de Cultura para realização do Réveillon Virada Viva é de R$ 937.459,69. O valor é um pouco maior que o da virada de 2016, que custou R$ 860 mil. O valor para 2017, contudo, contempla muito mais atividades, incluindo mais shows, oficinas, feira criativa e espetáculos circenses. Confira quanto foi investido nas festas de Réveillon de Brasília nos anos anteriores:

2015: R$ 2,59 milhões

2014: R$ 1,65 milhão

2013: R$ 4 milhões

2012: R$ 8 milhões

VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Ano-novo será celebrado no Museu Nacional e na Prainha