Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/05/19 às 10h00 - Atualizado em 20/05/19 às 14h32

Nota à Imprensa

COMPARTILHAR

Sobre a matéria “GDF decide fechar o Espaço Cultural Renato Russo”, publicada na última quarta-feira (15), a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal informa que o conteúdo do texto é infundado. Não há qualquer indicativo ou o tratativas da pasta ou do GDF nesse sentido.

 

É irresponsável a afirmação, uma vez que a Secec tem feito esforços contínuos em busca de recursos e parcerias para melhorar a qualidade dos equipamentos culturais sob sua administração. A valorização dos espaços e do patrimônio, pilares desta gestão, resultam numa atuação articulada e focada que já garantiu o restauro do Teatro Nacional Claudio Santoro, que deverá começar ainda este ano, e a retomada das obras do Museu de Arte de Brasília previsto para ser aberto já no primeiro semestre de 2020.

 

Este trabalho também inclui o próprio Espaço Renato Russo, que foi reformado em 2018, mas ainda apresenta problemas estruturais. A Secretaria também realizou investimentos na Rádio Cultura, que funciona de maneira improvisada no local, utilizando elevadores para pessoas com deficiência como estúdio de gravação. A gestão realizou licitações para instalação de ar condicionado e para o revestimento acústico dos estúdios o que dará a estrutura adequada para a realização das atividades. A nova Rádio Cultura será inaugurada nas próximas semanas. Cumpre salientar,ainda, que o espaço cultural tem previsão de abertura de sua biblioteca especializada já no segundo semestre deste ano, que vem sendo preparada pelos servidores bibliotecários, de artes plásticas e artes cênicas daquele equipamento.

 

A Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) tem demonstrado interesse em investir na Cultura do Distrito Federal, o que significa aumentar projeção da capital em outros países, valorizando o nosso patrimônio e a produção local.

 

A busca pelo aperfeiçoamento na administração dos espaços também passa pela preocupação em buscar sustentabilidade aos equipamentos para que eles possam garantir seu funcionamento investindo em melhorias para a comunidade.