gototop

Orquestra sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro

Fundada em março de 1979 pelo maestro e compositor Cláudio Santoro, a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (OSTNCS) é uma das principais instituições do gênero no Brasil. Em sua trajetória de 33 anos realizou milhares de concertos, temporadas de ópera e ballet. Acompanhou importantes artistas nacionais e internacionais. Realizou gravações com repertório de música brasileira, destacando o “Sinfonias dos 500 anos” e o “Clássicos do Samba”, bem como turnês nacionais e internacionais (Itália, Portugal, Cuba e Coréia).

Entre os maestros destacam-se as atuações de Cláudio Santoro, Silvio Barbato, Julio Medaglia, Joao Carlos Martins, Isaac Karabitchewsky, Eleazar de Carvalho, Claudio Cruz, Roberto Tibiriçá, Antonello Allemandi, Fracesco La Vecchia, Eugene Kohn, Christian Lindberg, e o atual maestro titular Claudio Cohen. Como solistas convidados, Nelson Freire, Jean Pierre Rampal, Arnaldo Cohen, Ilya Gringolts, Aprille Millo, Rosana Lamosa, Fernando Portari, Claudia Riccitelli, Celine Imbert, Yara Bernetti, Shlomo Mintz, Antonio Menezes, Nicolas Koeckert, Duo Assad, Emmanuel Barrueco, Artur Moreira Lima, Leo Gandelmann entre outros.

Artistas populares foram convidados das temporadas e grandes instituições também participaram dos eventos da Orquestra. Entre estas, o Ballet Bolshoi, o Ballet Kirov e o Ballet da Ópera de Paris. Entre aqueles, Martinho da Villa, Zizi Possi, Tom Jobim, Wagner Tiso, Ivan Lins, Fagner, Fafá de Belem, Sandra de Sá, Bibi Ferreira, Francis Hime, Sergio Ricardo, Toninho Ferragutti e Hamilton de Holanda.

Dirigida atualmente pelo Maestro Claudio Cohen, a OSTNCS tem em sua linha de atuação os Concertos Sociais, Educacionais, Festival de Ópera, seminário Internacional de Dança, Concertos da Temporada Oficial, Concertos Pop, Concertos nas Cidades e ao ar livre, em uma ampla atuação nos diversos segmentos da sociedade.

Brasiliense, violinista, Cohen possui ativa participação no cenário musical do Brasil e exterior. É membro fundador da Orquestra, Diretor Geral do Festival de Ópera de Brasília e do membro do Quarteto de Brasília, da Academia Brasileira de Letras e Música (ALMUB) e Diretor de Cultura da Associação Comercial do DF. Solista e camerista, o maestro já gravou nove CDs e leva no currículo o Prêmio Sharp de Melhor Disco Clássico do Ano (1993), o Prêmio OK de Cultura, destaque em Música de Câmara no IX Prêmio Carlos Gomes (2006), o Prêmio Excelência ALMUB 2006 e o Prêmio Accorde Brasil 2008; além de indicações para o Prêmio TIM de Música do Ano (2003) e para o VII Prêmio Carlos Gomes (2004).

A atuação profissional de Claudio Cohen também passa pelo plano acadêmico, com parcerias em projetos culturais o MinC, e como professor do Departamento de Música da UnB. É detentor da Ordem do Mérito de Brasília no Grau de Oficial, da Ordem do Mérito Cultural do Distrito Federal no Grau de Comendador, da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho no Grau de Comendador e Cidadão Honorário de Brasília, desde 2009.

Veja o vídeo da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro!

 

 
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Nossa Cultura Orquestra Sinfônica