Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/06/14 às 23h57 - Atualizado em 13/11/18 às 14h49

Músico participa de projeto musical na Rodoviária do Plano Piloto

COMPARTILHAR


Projeto Metrô Instrumental segue para a estação de Ceilândia na segunda 



Brasília, 13 de junho, dia seguinte à vitória do Brasil contra a Croácia. Imagine o metrô da Estação Rodoviária, às 18h, em plena sexta-feira. A cena habitual é de uma longa fila e de pessoas que esperam apressadas, com semblante cansado, após uma semana inteira de trabalho. Mas nesta sexta-feira foi diferente: uma música imponente chamava a atenção, trazia curiosidade e retirava sorrisos de quem aguardava na fila para ter acesso ao embarque.

No canto direito do hall, Di Stéffano e banda mostravam a arte deles. O baterista tocou várias músicas do álbum “Outros Mares” ao lado de Jeferson Alves (teclado), Marcos Santos (trompete), Anderson Silva (saxofone e flauta), e Diogo Andrade (contra-baixo).

Di Stéffano tem 20 anos de carreira e possui composições autorais como “Piazzola no Maracatu”, “Cine África” e “Sete de Março”. Faz parte do Projeto Música Instrumental, que leva artistas da cidade às várias estações do metrô com apresentações musicais de grande qualidade.

O servidor público Marcos Lima, 61, vai ao trabalho de metrô todos os dias. Quando viu a apresentação, resolveu parar para ouvir e gostou tanto que acabou comprando um CD da banda. “Fico satisfeito com um projeto como esse que dá oportunidade para as pessoas conhecerem outros ritmos. Em outros países, isso já existe e é bom saber que chegou aqui também”.

Já Andreza Daiane Alves utiliza o metrô somente uma vez por semana quando vai à igreja. A moradora do Varjão viu que a fila estava grande e resolveu sentar um pouco e aproveitar o som. “No dia-a-dia, quase não escuto música porque não tenho tempo”. Ela explica que dificilmente consegue parar para “ouvir de verdade” como fez hoje.

Bem perto do local da apresentação, o casal Marlene Santos (55) e Antonio Evangelista (61) conversavam em clima romântico com a música ao fundo. “É bom que relaxa um pouco”, disse o morador do Paranoá.

Entre uma música e outra, o público aplaudia. Algumas pessoas passavam e seguiam caminho. Outras tiravam o celular do bolso e fotografavam. O guarda olhava atentamente o desempenho do grupo. À medida que o tempo passava, o local ia esvaziando. Chegava ao fim da apresentação, que tem duração média de uma hora.

“É uma honra tocar para vocês e apresentar o meu CD aqui”. Di Stéffano agradeceu a presença do público e encerrou o show com composição autoral “Mr. Roy”.

Se você não conhece o projeto, ainda dá tempo. Até o fim do mês apresentações estão programadas em Ceilândia e Taguatinga. Semana que vem será a vez de “Ted Falcon & Félix Jr” (16/6).; “Cala A Boca Dillo” (18/6); e “Léo Benon” (20/6). Veja a programação dos próximos dias!

16 de junho – segunda-feira
Estação Ceilândia Centro – Ceilândia
Atração: Ted Falcon & Félix Jr.
Horário: 18h30

18 de junho – quarta-feira
Estação Praça do Relógio – Taguatinga
Atração: Cala A Boca Dillo
Horário: 18h30

20 de junho – sexta-feira
Estação Praça do Relógio – Taguatinga
Atração: Léo Benon
Horário: 18h30

25 de junho – quarta-feira
Estação Praça do Relógio – Taguatinga
Atração: Super Stéreo Surf
Horário: 18h30

27 de junho – quarta-feira
Estação Ceilândia Centro – Ceilândia
Atração: A confirmar
Horário: 18h

Entrada gratuita
Classificação indicativa: livre