Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/06/17 às 19h10 - Atualizado em 13/11/18 às 15h07

Museu Nacional: Programação junho de 2017

COMPARTILHAR

Museu Nacional da Républica tem uma programação rica para junho

Para o mês de junho, o Museu Nacional da República tem uma programação repleta de mostras e exposições variadas. Além das três mostras em visitação, incluída a MunDez, prorrogada até o dia 2 de julho, haverá ainda exibição de filmes, mostras individuais e uma exposição comemorativa de Corpos Informáticos. Todas as atividades têm entrada franca. Confira abaixo os detalhes:

Em exposição

MunDez: Brasília 57 (prorrogada até o dia 02/7)

A exposição que comemora os 57 anos de Brasília e dez anos de existência do Museu Nacional foi prorrogada até o dia 02 de julho. Nela, obras de artistas que marcaram dois séculos da história da arte brasileira cria um diálogo entre as artes clássicas e contemporâneas, incluso os grafiteiros e grafiteiras. Podem ser vistas obras de artistas como Di Cavalcanti, Tarsila do Amaral, Rubem Valentim, Anita Malfatti, Heitor dos Prazeres, Orlando Teruz, Cícero Dias, Volpi, entre outros.

Last Folio: Preservando Memórias (até 29/6)

Composta por imagens de prédios abandonados, artefatos religiosos e livros, a exposição Last Folio leva o espectador a uma viagem pelo tempo ao mostrar a grande destruição da 2º Guerra Mundial. A exposição também contempla retratos contemporâneos de testemunhas do Holocausto, que leva a aprender sobre o passado e conservar a memória viva da tragédia da guerra. Last Folio: Preservando Memórias permanece aberta até o dia 29/6.

A falta que você faz (até 11/6)

Até dia 11, a mostra fotográfica organizada pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha traz mais de 40 retratos de família que tem algum ente querido desaparecido. As fotos, feitas por Marizilda Cruppe, contam um pouco da história, dos desafios e das angústias de 12 famílias que passam pela terrível experiência de não saber o paradeiro de um familiar.

Aberturas

CineCal: Cine Portugal (6/6 a 9/6)

A 4ª edição do Cine Portugal acontece dos dias 6 a 9 de Junho, no Auditório II do Museu Nacional da Républica, sempre às 19h. Na programação, há José e Pilar, que conta a vida do aclamado escritor José Saramago, e Volta à Terra, que traz a vida rural de uma pequena comunidade portuguesa. Duas ficções também estão na grade: o drama sobre amor, traição, vingança, solidão e morte, Cinzento e Negro; e A Corte do Norte, que narra a história da atriz Emília de Sousa.

Programação detalhada em: http://www.cal.unb.br/cinema/266-cine-portugal-2

NORMOSE, de Kleber Cianni (abertura 6/6, às 19h)

Kleber Cianni leva ao Museu Nacional sua mostra individual, NORMOSE. Como forma de provocar a monotonia e a pressa diária, Klebber pega o indivíduo e o faz enxergar além do seu habitual. O artista traz reflexões sobre a linha que separa a rotina e a imaginação, carregando junto o espectador em sua ideia.

Short Connections, de Tárcisio Viriato (abertura 6/6, às 19h)

Com a curadoria de Glenio Lima, a mostra individual de Tarciso Viriato reúne pinturas, desenhos e colagens produzidos pelo artista pelos últimos 10 anos. Parte das obras foi produzida em viagens à Europa e, com suas cores vibrantes e ar minimalista, a exposição terá um grande painel com três conjuntos de desenhos e colagens inéditas. Abertura será no dia 6/6, às 19h.

Corpos Informáticos e Bia Medeiros (abertura dia 14/6)

O Museu Nacional abrigará uma exposição em comemoração aos 25 anos de Corpos Informáticos, a partir do dia 14/6, às 19h. Parte dessa homenagem, há a exposição Bia Medeiros: per-fura, per-muta, per-vete terá vernissage no dia 10/6, na Galeria Alfinete, às 18h.