Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/12/16 às 18h38 - Atualizado em 13/11/18 às 14h50

Museu Nacional celebra 10 anos com mostra e seminário

COMPARTILHAR

ONDEANDAONDA reúne 15 galerias expondo no local

Com 15 galerias participantes, a exposição de arte contemporânea ONDEANDAONDA II celebra os 10 anos do Museu Nacional consagrando um panorama sobre a produção local, alinhada a uma política estruturante da Secretaria de Cultura para o setor das artes visuais.

Ontem, na abertura da mostra, que permanece em cartaz até o dia 26 de fevereiro de 2017, galeristas, artistas e público puderam celebrar um grande momento das artes plásticas de Brasília, reunindo as mais variadas expressões, desde instalações a videoarte; de pinturas e esculturas a intervenções.

“Esta mostra possibilita que os espaços e pessoas envolvidas possam realizar trocas e qualificar ainda mais o trabalho, além de mostrar para o país o que está sendo feito em Brasília”, diz a representante do Elefante Centro Cultural, Cinara Barbosa. O artista plástico Cristo Nóbrega completou: “Trata-se de uma convocação para que a arte se mantenha ativa de forma resistente e sem se manter calada”.

O curador da mostra e diretor artístico do Museu Nacional, Wagner Barja, destaca o trabalho de resistência que não só os artistas, como o próprio museu desempenha para garantir o acesso à cultura. “Cabe ao museu ser este espaço de congregação e referência para a arte de Brasília. E temos que fazer isso na raça”, diz.

Para o secretário de Cultura, Guilherme Reis, esta é mais uma das ações de política afirmativa da Secretaria de Cultura. “Isso reflete nosso trabalho direcionado para democratização e garantia de direitos para a cultura para os espaços públicos”.

Além da mostra, aberta para visitação gratuitamente, o ONDEANDAONDA apresenta também o Seminário Crítica e Mercado, produzido pela Subsecretaria de Políticas de Desenvolvimento e Promoção Cultural. As palestras começaram na manhã desta quinta, com Regina Medeiros (Sebrae/PB) falando sobre a Rota dos Ateliês de João Pessoa e as propostas de Turismo Criativo; Solange Lignau (ABACT) abordando o mercado da arte e a relação com fomento e difusão; e Eduardo Saron (Itaú Cultural), apresentando um panorama sobre coleções.

Leia mais sobre o evento e confira a programação