Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/08/20 às 18h43 - Atualizado em 31/05/21 às 11h09

MUSEU DE ARTE DE BRASÍLIA – MAB

 

 

O MAB hoje, com a escultura Homenagem à Democracia (1958/1989), de Franz Weissmann. (Marina Gadelha/SECEC)

 

O Museu de Arte de Brasília é uma instituição museológica fundada em 1985, cujo acervo abrange as Artes Visuais e o Design dos períodos moderno e contemporâneo no Brasil. As quase 1.500 obras de sua coleção são assinadas pelos nomes mais importantes da produção nacional, como Tarsila do Amaral, Cildo Meireles e Sérgio Rodrigues. O foco de sua atuação é a memória e a história da Arte e do Design do DF.

 

O museu foi reinaugurado em 21 de abril e reabriu suas portas em 28 de maio de 2021.

 

Endereço

SHTN, trecho 01, projeto Orla polo 03, Lote 05, CEP: 70800-200 Brasília – DF.

Telefone: 3325-2328

Informações

Gerência do Museu de Arte de Brasília e da Concha Acústica

Horário de funcionamento: todos os dias das 09h às 22h, exceto às terças-feiras.

Email: mab@cultura.df.gov.br

Site: http://www.cultura.df.gov.br/ museu-de-arte-de-brasilia/

 

 

Memorial descritivo do projeto expográfico do MAB: MAB-Memorial-Descritivo

 

História

 

O MAB foi criado em 1985, para expor as obras de arte reunidas pela agora extinta Fundação Cultural do Distrito Federal no decorrer das décadas. O Governo do DF decidiu instalá-lo em um edifício na orla do Lago Paranoá, que já havia tido diferentes finalidades, entre as quais a de sede de uma casa de espetáculos, o “Casarão do Samba”.  Nos anos seguintes, o museu abrigou importantes exposições, salões e cursos e expandiu seu acervo, agitando a vida cultural da cidade.

 

Possivelmente em razão do aproveitamento de um edifício que não havia sido feito para ser um museu, o MAB teve seu funcionamento interrompido total ou parcialmente diversas vezes, para a realização de reparos ou reformas de infraestrutura no prédio. Entre 1998 e 2001, sofreu uma grande intervenção, com a renovação quase total de seu layout. Apesar da escala das obras, os melhoramentos foram pouco eficazes, já que o museu foi novamente fechado em 2007, devido à precariedade de suas instalações.

 

Após grande reforma, o MAB reabrirá em 2021. As obras expandiram a área construída original e adequaram o prédio a sua finalidade, com instalação de sistema de ar-condicionado em todo o edifício e criação de um laboratório para a restauração das obras de arte, além de outras melhorias, voltadas sobretudo à segurança do acervo e ao recurso a fontes de energia mais ecológicas.