Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/03/13 às 20h05 - Atualizado em 13/11/18 às 14h38

Mostra homenageia os 70 anos de Gilberto Gil no Museu da República

COMPARTILHAR

Quando Gilberto Gil chegou ao espaço reservado para a mostra que homenageia os 70 anos do cantor no Museu da República, os fãs já haviam tomado conta do lugar.

A presença multifacetada de Gil está nas paredes, onde os visitantes vão encontrar frases, capas de discos e fotos velhas e recentes; nas instalações interativas; e numa espécie de jukebox onde se ouve as músicas de Gil acompanhando a letra no visor.

Mas não só isso. Por trás de toda uma vida e de uma carreira revisitadas está o marco maior de grande artista: seu legado.
A importância de Gilberto Gil para a música e a cultura brasileiras está além do que se mostra uma – justa – homenagem aos seus 70 anos.
Não à toa o cantor é idolatrado. Mas Gil não faz disso um motivo de vaidade. De sandália franciscana e com o traje característico (bata e calça brancas) ele atendeu pacientemente cada um dos fãs que pedia autógrafo ou uma foto com o ídolo.

Também pacientemente, Gil, acompanhado do Secretário de Cultura, Hamilton Pereira percorreu todo o espaço e observou cada detalhe da exposição.

Os trabalhos da mostra, de acordo com o texto de André Vallias e Frederico Coelho no site www.gil70.com.br, “ou foram concebidos especialmente para a exposição ou são inéditos no formato expositivo. Os multimeios utilizados — do grafite ao digital, do poema à instalação — mostram que falar de Gilberto Gil é falar de todos nós, em todos os sentidos.“

Participam da exposição: Carlos Adriano, Ricardo Aleixo, Arnaldo Antunes, Lenora de Barros, Vivian Caccuri, Adriana Calcanhotto, Augusto de Campos, Ivan Cardoso, Antonio Dias, Eduardo Denne, Bené Fonteles, Lula Buarque de Hollanda, Jarbas Jácome, Gabriel Kerhart, Raul Mourão, Carlos Nader, Antonio Peticov, Gualter Pupo, Omar Salomão, Daniel Scandurra, Ariane Stolfi, André Vallias, Caetano Veloso, Andrucha Waddington e Luiz Zerbini.

SERVIÇO
Exposição Gil 70
Até 28 de abril no Museu Nacional da República
Aberto de terça a domingo
Das 9h às 18h30