Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/06/20 às 9h40 - Atualizado em 23/06/20 às 15h22

Mito do Calango Voador e Outras Histórias do Cerrado celebra os 16 anos de Seu Estrelo

COMPARTILHAR

 

 

Obra dedicada à cultura popular do cerrado conta com fomento da Secec

 

Orquestra Alada Trovão da Mata/Webert da Cruz

 

Para celebrar 16 anos em prol de invenções culturais envolvendo os mitos do sertão e do cerrado, o grupo Seu Estrelo entrega mais uma obra aos apreciadores dos mistérios e magias que cercam o cerrado e as criaturas que nele habitam. Nesta quinta-feira (25), por meio de um vídeo documentário, será lançado o livro “Mito do Calango Voador e Outras Histórias do Cerrado”, de autoria de Tico Magalhães, capitão e fundador do grupo de cultura popular Seu Estrelo e Fuá do Terreiro.

 

O projeto, fomentado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec), integra o calendário oficial do Circuito Candango de Culturas Populares, realizado pela Organização de Sociedade Civil (OSC) Instituto Rosa dos Ventos. Nesse sentido, a produção da obra literária presta homenagem ao grupo de invenções culturais Seu Estrelo, reconhecido pelo Ministério da Cultura em 2007 e 2018 como um dos maiores identificadores da cultura popular capitaneada no Distrito Federal.

 

Na narrativa do Mito do Calango Voador, o autor Tico Magalhães procurou exemplificar, por meio de texto e ilustrações autorais, o surgimento dos muitos mundos onde é retratada de modo lúdico a história do Calango, filho do Sol e da Terra, nascido no Planalto Central, que ganha asas para salvar-se de uma gigantesca tromba D’ Água. Por meio de uma narrativa surpreendentemente brasiliense, o livro aspira a provocar a sensação de pertencimento em seu público, criando um reconfortante sentimento de identificação com os mitos locais propostos na obra.

 

Para Tico Magalhães, artista pernambucano radicado no Distrito Federal, além de oferecer um passeio entre o real, o fantástico e o imaginário, o livro também é uma resposta do grupo ao momento enfrentado atualmente pela sociedade, sendo uma maneira de se posicionar, trazendo o encantamento que faz parte do ofício de quem faz arte e cultura. “A obra literária é uma forma de levar o mito até as pessoas com força e qualidade, proporcionando o entendimento daquilo que a gente está falando quando se refere ao mito”, ressalta o autor.

 

De acordo com o Secretário de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal, Bartolomeu Rodrigues, a obra retrata com orgulho a verdadeira essência dos elementos que compõem a história do Planalto Central, onde as plantas e os bichos sempre foram os donos de todo o cerrado. “É o Calango que nos diz: Eu sou a porta para os seus sonhos. Vida longa ao Seu Estrelo, por ajudar a celebrar a cultura do cerrado ao longo destes 16 anos. O cerrado é isso, é sertão, é Brasília, é Brasil”, celebra Bartolomeu.

 

O titular da Cultura ainda acrescenta que a composição dos mitos locais feita por Seu Estrelo retrata com leveza a magia do sertão pernambucano até os “sertões de Goiás”, onde ocorrem as aventuras do Calango do Cerrado. “Nesse tudo se plantou Brasília, sem nem pedir licença à Seriema que ainda canta e resiste, dividindo o céu com o Lobo Guará, com o Tamanduá Bandeira, com o Gato Maracajá, com a Jaguatirica, com os Inhambus, com a Coruja Orelhuda, todos vivendo à sombra dos ipês de toda cor, do Pau Santo, da Pindaíba, da Sucupira, do Buriti, do Jatobá e do Calango de Seu Estrelo, que aparece no círculo básico do mito local”, completa.

 

Programação de lançamento

 

A primeira apresentação oficial do livro ao público será online e acontece no dia 25 de junho, a partir das 19h, com a exibição de minidocumentário inédito, contendo depoimentos de personalidades da cultura popular sobre a obra. Os interessados podem acompanhar a programação por meio das redes sociais do Circuito Candango e do Centro Tradicional de Invenção Cultural, sede do Seu Estrelo. Após o lançamento, os exemplares estarão disponíveis para compra no site https://www.rosadosventosinstituto.com.br/ ou pelo e-mail centrodeinvencao@gmail.com.

 

O livro desenvolvido para celebrar os mistérios do cerrado e as aventuras do calango voador também terá ainda a impressão de mil exemplares. Parte de sua tiragem será distribuída gratuitamente a bibliotecas públicas, escolas e grupos culturais. Com vendagem do restante dos livros a R$ 15 cada um, a arrecadação de recursos será destinada à manutenção da sede do espaço cultural do grupo Seu Estrelo.

 

 

Serviço:
Mito do Calango Voador e Outras Histórias do Cerrado
Data: 25 de junho (quinta-feira)
Horário: 19h
Local: Instagram – @circuitocandango e @centrodeinvencao canal no Youtube do Instituto Rosa dos Ventos e Seu Estrelo.
Vendas: https://www.rosadosventosinstituto.com.br/ ou pelo centrodeinvencao@gmail.com
Valor do Livro: R$ 15,00

 

Foto: Webert da Cruz.