Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/07/19 às 16h28 - Atualizado em 24/07/19 às 17h40

Minicurso de literatura infantil ensina como formar crianças leitoras

COMPARTILHAR

Em três dias, oficinas pagas ensinam famílias e educadores a pensar as possibilidades da área

 

O que fazer para tirar as crianças de frente das telinhas e despertar nelas mais interesse pelos livros? A educadora Cristiane Salles Moreira dos Santos, especialista em literatura infanto-juvenil e professora aposentada da rede pública do DF, tem algo a dizer sobre o assunto e pretende abordá-lo no primeiro dia do minicurso de três que dará na Biblioteca Nacional entre 2 e 4 de agosto.

 

Trata-se do “Minicurso de literatura infantil: a formação de crianças leitoras”, que será ministrado em três partes. O primeiro dia será dedicado a como ajudar crianças a se interessarem pela leitura; o segundo abordará a interpretação de imagens a partir da colaboração com o autor premiado, ilustrador e quadrinista Jô Oliveira e, no último, Cristiane dará dicas sobre como montar uma biblioteca em casa, dinamizar espaços de leitura e usar essas possibilidades como ponto de partida para desenvolver projetos de pesquisa com as crianças.

 

“Milito nessa área há muitos anos. Sempre fui apaixonada por livros, me tornei mãe aos 20 anos e o que mais queria era que minha filha tivesse acesso ao que havia de melhor na literatura infantil. Também entrei muito cedo na rede pública e comecei a estudar o assunto”, explica Cristiane.

 

Pós-graduada pela UnB, Cristiane foi gerente de bibliotecas públicas escolares e comunitárias do DF e tem participações em júris de prêmios literários. “A literatura é uma porta aberta para a imaginação, alarga os horizontes e refina a sensibilidade. Uma criança que tem alguém que leia para ela ou junto com ela tem mais possiblidades de se tornar um adulto intelectual e emocionalmente saudável”, acredita.

 

Sobre a preferência de crianças pelas telas em desfavor das páginas impressas, a educadora acredita que a familiaridade com o livro e o convite à imaginação envolvido, que exige trabalho, jogam em favor destes, ao passo que o apelo visual da tela, que alimenta uma atitude mais passiva, atua na contramão do universo de Gutenberg. “É uma questão que vamos debater no curso”, promete.

 

O curso completo custa R$ 400, mas há opção de realizar cada oficina separadamente, em um valor de R$120 por cada encontro (primeiro e terceiro dias) e R$180, o segundo, quando a professora estará acompanhada do artista gráfico. “Acredito que participantes sairão mais conscientes das possibilidades que a literatura oferece e mais confortáveis para escolher livros interessantes para os menorzinhos”, conclui Cristiane.

 

Serviço
“Minicurso de literatura infantil: a formação de crianças leitoras”
2/8 (18:30 às 21:30), 3 e 4/8 (9:30 às 12:30)
Espaço Infantil da Biblioteca Nacional de Brasília
Inscrições: crisallles@gmail.com
Celular: (61)99954-2557