Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/04/17 às 20h23 - Atualizado em 13/11/18 às 15h07

Metrô reúne a diversidade cultural do DF

COMPARTILHAR

Apresentações promovidas pela Secretaria de Cultura integram atividades do Aniversário de Brasília

As atividades culturais que compõem as comemorações do Aniversário de Brasília estão espalhadas por todos os cantos do DF. Encerrando as festividades, a Secretaria de Cultura em parceria com o Metrô deixará as viagens sobre os trilhos bem mais divertidas, com uma programação especial.

No próximo dia 4 de maio, nove artistas e grupos locais se apresentam em três estações do Metrô, compondo um circuito de intervenções artísticas musicais, teatrais e literárias gratuitas. Com grupos que representam a diversidade da população brasiliense, as apresentações variam em estilos e em gêneros musicais, que reforçam o caráter multifacetado da capital e suas diferentes raízes.

Segundo a subsecretária de Cidadania e Diversidade Cultural, Jaqueline Fernandes, a escolha do metrô para as intervenções artísticas demonstra preocupação com a descentralização de recursos e políticas públicas culturais. As estações são locais onde mais de 150 mil pessoas circulam por dia, de diferentes regiões administrativas. “Promover uma programação comemorativa também nesses espaços, sobretudo com o tema da cultura popular, é reconhecer a importância de cada RA para a diversidade cultural do DF”, afirma.

O circuito de apresentações artísticas no Metrô se inicia pela Estação Central – Plano Piloto, às 16h30. Lá, a programação reúne tradição, musicalidade e literatura. O sarau literário Lira que Gira; o show dos violeiros Roberto Corrêa e Badia Medeiros; e o sopro encantador de Zé do Pife e as Juvelinas trazem as diferentes regiões que estão presentes na cultura popular em Brasília.

Na Estação Furnas (Samambaia), a partir das 17h30, dança, riso e reflexão estarão presentes com as apresentações do Grupo Menino Jesus de Praga de Brazlândia, do teatro de rua Carriola; e do projeto Aborígine: Trilhando Poesias, que une hip-hop e literatura.

Na terceira parada, também a partir das 17h30, diferentes ritmos culturais demonstram a diversa identidade de Brasília na Estação Praça do Relógio, em Taguatinga. Lá, o público poderá curtir o projeto A Arte de Ler, ouvir o som caipira de Macedo & Mariano e a batida afro-brasileira da Orquestra Percussiva Batukenjé.

Tudo com entrada franca, claro!

PROGRAMAÇÃO

Estação Central – Plano Piloto

• 16h30 – Sarau Literário – Lira que Gira

• 17h30 – Roberto Corrêa, Badia Medeiros e grupo Catira

• 18h30 – Zé do Pife e as Juvelinas

Estação Furnas – Samambaia

• 17h30 – Grupo Menino Jesus de Praga de Brazlândia – Folia de Reis e Dança de Roda

• 18h30 – Carriola – Teatro de Rua

• 19h30 – Aborígine: Trilhando Poesias

Praça do Relógio (Taguatinga)

• 17h30 – A Arte de Ler

• 18h30 – Macedo & Mariano

• 19h30 – Orquestra Percussiva Batukenjé